Clubes encaminharão proposta da Copa Sul-Minas à Globo

Nesta sexta-feira (21), representantes dos principais times de Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina se reúnem em Belo Horizonte para definir quanto pedirão para negociar a volta da Copa Sul-Minas com as emissoras de TV interessadas.

19:44
Divulgação

Nesta sexta-feira (21), representantes dos principais times de Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina se reúnem em Belo Horizonte para definir quanto pedirão para negociar a volta da Copa Sul-Minas com as emissoras de TV interessadas.

Segundo o site da ESPN, o objetivo é deixar o encontro com o projeto pronto e encaminhá-lo em seguida para a Rede Globo, que conta com a prioridade em sua compra. "A gente está ainda tratando disso, desenhando as propriedades comerciais e os valores que pretendemos cobrar para conversar. Primeiro, apresentar para a nossa parceria, a Globo, e para os nossos parceiros de mercado", afirma o diretor de marketing do Cruzeiro, Robson Pires, que estará presente hoje ao lado do presidente Gilvan de Pinho Tavares na sede do rival alvinegro.

LEIA MAIS
Emissoras veem volta da Copa Sul-Minas com bons olhos

Grêmio, Internacional, Atlético-PR, Coritiba, Flamengo, Fluminense e os representantes catarinenses também são aguardados na quarta reunião pela volta do campeonato. Perguntado sobre o assunto em passagem recente pela sede da CBF, no Rio de Janeiro, o diretor executivo de esportes da Rede Globo, Marcelo Campos Pinto, se limitou a dizer que a competição não estava prevista no calendário.

Mesmo na CBF, as posições também são divergentes. Enquanto o diretor de competições Manoel Flores não se mostra publicamente contrário ao retorno do torneio, o secretário-geral Walter Feldman prega que não haveria datas suficientes para a sua volta. O presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, teria dado aval para os clubes avançarem na discussão, no entanto. "O Delfim (Peixoto, vice da CBF na região Sul) e outras pessoas com contato direto disseram ter escutado dele que não haveria problema", revela o dirigente cruzeirense Robson Pires.

André Macias, vice-presidente do Coritiba, foi apontado como responsável por 'viabilizar' comercialmente a competição e centralizar as conversas com os interessados no campeonato. A ideia é repetir, ao menos em suas fases finais, os grandes eventos americanos e a Liga dos Campeões. "Queremos fazer um megaevento que dure o dia todo, não apenas o jogo, que você tenha a ativação antes, durante e depois. Um modelo americano como o Super Bowl e a Liga dos Campeões, guardadas as suas proporções. Numa final, levar bandas ao estádio para fazer shows no intervalo. Poderíamos até mesmo vender para que essa decisão aconteça em Manaus, independente dos times, como, inclusive, existe o interesse", conclui Pires.
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »