TV Aberta

Bastidores

Profissionais

Recent Posts

Transmissões esportivas da TV (Sexta-feira, 06/05/2016)

5.5.16

07:00 - Tênis, Masters de Madrid: quartas-de-final - SPORTV3
09:00 - Tênis, WTA de Madrid: primeira semifinal - BANDSPORTS
10:00 - Judô, Grand Slam: etapa do Azerbaijão - SPORTV2, ESPN e EI MAXX 2
10:30 - Ciclismo, Giro d'Italia: primeira etapa - ESPN+
13:00 - Atletismo, Liga de Diamante: etapa de Doha - BANDSPORTS
15:00 - Tênis, WTA de Madrid: segunda semifinal - BANDSPORTS
17:00 - Judô, Copa Internacional de Seleções: várias lutas - SPORTV2
17:00 - Golfe, Campeonato de Wells Fargo: segunda rodada - ESPN+
19:00 - Futsal, Copa Sul-Americana: Brasil x Uruguai - SPORTV
19:00 - MMA, M1 Global 66: várias lutas - BANDSPORTS
20:00 - Futebol, MLS: Orlando City x New York Red Bulls - SPORTV2
20:00 - Basquete, NBA: Atlanta Hawks x Cleveland Cavaliers - ESPN
20:00 - Beisebol, MLB: New York Yankees x Boston Red Sox - ESPN+
21:00 - Basquete, NBB: Flamengo x Mogi das Cruzes (semifinal, jogo 2) - SPORTV
21:00 - Futsal, Copa Sul-Americana: Argentina x Equador - SPORTV3
21:30 - Automobilismo, Nascar Camping World Truck Series: Toyota Tundra 250 - FOX SPORTS 2
22:30 - Basquete, NBA: Oklahoma City Thunder x San Antonio Spurs - ESPN
23:30 - Futebol, Campeonato Mexicano: Santos Laguna x Chivas - ESPN+

*A programação é fornecida pelas emissoras e está no horário de Brasília

Fox Sports oficializa contratação de Oscar Schmidt para cobertura da Olimpíada

5.5.16
Foto: Divulgação/Fox Sports

Nesta quinta-feira (5), o ex-jogador de basquete Oscar Schmidt assinou o contrato com o Fox Sports, onde atuará como comentarista nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, além de participar dos mais diversos programas da grade esportiva.

"Estou muito feliz com este novo trabalho. Aqui na Fox poderei mostrar ao público um pouco mais de mim, comentar todas as modalidades esportivas que o canal irá exibir. Ter a liberdade para falar e fazer o que considero importante é algo que um profissional como eu busca, e aqui logo de início vi que há espaço para isso. Tenho certeza que esta parceria será um sucesso", comemora Oscar.

"É de extrema importância para nós termos o Oscar como nosso embaixador no Fox Sports. Ele é uma das maiores referências do esporte brasileiro, carismático e reconhecido por todos pelo seu profissionalismo e competência", comenta Eduardo Zebini, executivo do Fox Sports.

Oscar Schmidt, também conhecido como "mão santa", participou de cinco olimpíadas, é o maior pontuador mundial de basquete, com 49.703 pontos e é considerado um dos maiores jogadores da modalidade de todos os tempos, entre os que não atuaram na NBA.

BandSports garante direitos de transmissão do Europeu de Gran Turismo

5.5.16
Audi R8 LMS dos pilotos brasileiros no Blancpain GT Series (Foto: Patrick Hecq)

As corridas do principal campeonato de Gran Turismo do mundo estão de volta à televisão brasileira. O BandSports fechou um acordo para transmitir as etapas do Blancpain GT Series, campeonato europeu da categoria.

Os direitos televisivos foram adquiridos junto aos organizadores do campeonato na Europa, o SRO Motorsports Group. O jornalista Tiago Mendonça e o piloto Sergio Jimenez, que compete no Blancpain GT Series, foram os intermediários das negociações

“Fico muito feliz de levar um produto como esse para a grade de programação do BandSports, que é um canal que sempre abriu um espaço muito nobre para as corridas, com a Fórmula Indy, o DTM e outras categorias”, disse Mendonça, que também é empresário especializado em conteúdo audiovisual.

Sergio Jimenez compete o Europeu de Gran Turismo ao lado do Rodrigo Baptista. Eles dividem a pilotagem de um Audi R8 LMS. Nas corridas da categoria, que variam de uma a 24 horas de duração, existe um pit stop obrigatório para troca de pilotos. O BandSports já começou a exibir as corridas.

O Blancpain GT Series tem um total de dez corridas por diferentes países europeus. O BandSports mostra a terceira etapa (marcada para Brands Hatch, Inglaterra) em VT neste domingo (8), às 21h30.

Mesmo sem Brasileirão, Band manterá "Jogo Aberto" no ar, diz Renata Fan

5.5.16

O anúncio da desistência da Band em transmitir o Campeonato Brasileiro caiu como uma bomba na última terça-feira. A equipe esportiva foi pega de surpresa com o fim da parceria com a Globo, dona dos direitos. Renata Fan foi uma delas, mas apesar do baque, a apresentadora do "Jogo Aberto" defende a emissora.

“A Band foi muito transparente, joga aberto, o que é muito bacana. Fui comunicada pelo meu diretor. Todos nós fomos comunicados'', conta a apresentadora em entrevista ao portal UOL. “Foi uma surpresa, mas o programa continua sem nenhuma alteração. Todas as pessoas vão continuar. A princípio, não muda nada'', diz.

Renata promete que a atração seguirá fazendo a cobertura jornalística do Brasileiro, mesmo sem ter mais os direitos. “Fico triste, nove anos fazendo, um trabalho bem bacana. Pena, ninguém gosta de perder evento, mas vamos continuar a fazer da mesma maneira'', afirma a apresentadora.

Outros programas esportivos, como o "Terceiro Tempo", de Milton Neves, também devem seguir no ar na Band, assim como as transmissões da Eurocopa e das Olimpíadas. A emissora, no entanto, ainda não garantiu se continua exibindo os campeonatos estaduais na próxima temporada.

Entrada do Esporte Interativo na TV fechada deve impactar na aberta, avalia Globo

5.5.16

A Rede Globo vê risco para o futuro das transmissões do Campeonato Brasileiro na TV aberta por causa da entrada do Esporte Interativo na disputa pelos direitos de TV fechada do torneio. O canal carioca verá, a partir de 2019, chegar ao fim uma exclusividade de mais de 20 anos na transmissão do torneio nacional na TV fechada.

"Qualquer alteração no número ou nas condições de exibição dos jogos em uma janela afeta as demais. O nosso objetivo é trabalhar de maneira coordenada e complementar de modo a remunerar os clubes de forma sustentável e crescente, premiando também a grande massa de torcedores brasileiros com plena cobertura da competição", disse Pedro Garcia, diretor da Globo Esportes, braço da emissora responsável pela compra de direitos de transmissão, em entrevista ao site Máquina do Esporte.

Devido à concorrência com Esporte Interativo, a Globo decidiu renovar o contrato de TV paga com os clubes com um novo modelo mais igualitário de divisão da cota de TV. Garcia, no entanto, nega essa mudança de postura nas negociações: "Não é necessário nenhum fato externo para mantermos conversas com os clubes. Esta é uma negociação viva, permanente, em que interagimos constantemente com todos os envolvidos".

O executivo ainda afirma que há possibilidade de dividir os direitos de TV fechada em 2019, mas que ainda é cedo para dar uma resposta clara sobre um possível acordo com o Esporte Interativo. "O SporTV está sempre aberto a conversas que visam o melhor para o torcedor, desde que haja espaço e condições objetivas para isso", diz.

Entre os principais clubes do país, a Globo já anunciou que fechou com Corinthians, São Paulo, Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, Cruzeiro, Atlético-MG e Grêmio. O Esporte Interativo, por sua vez, tem o Santos e o Internacional acertados.

Entre os outros clubes, o Esporte Interativo adiciona a sua lista Atlético-PR, Coritiba, Bahia, Ceará, Joinville, Sampaio Corrêa, Paysandu, Ponte Preta, Criciúma, Fortaleza e Paraná. A Globo, por sua vez, também tem acordo com América-MG, Sport, Vitória, Chapecoense, Avaí, Náutico, Goiás e Londrina.

RedeTV! e TV Brasil consultam Globo sobre transmissão do Brasileiro

5.5.16

Com a desistência da Band em transmitir o Campeonato Brasileiro, após dez anos de parceria com a Globo, o canal carioca está em busca de um novo parceiro. Horas depois de o desfecho da parceria com a Band ter sido anunciado, RedeTV! e TV Brasil procuraram a emissora carioca para fazer uma consulta sobre o futuro, segundo informa o portal UOL.

No caso da RedeTV!, a Globo entende que o canal não tem hoje a estrutura adequada para exibir o Campeonato Brasileiro. Um avanço na negociação dependeria fundamentalmente do potencial de investimento do canal paulista, portanto. A TV Brasil já exibe as Série B, C e D do certame nacional e vinha se preparando para aumentar o aporte no futebol, mas hoje vive cenário de incerteza por causa da conjuntura política. Vale ressaltar que o canal é público e se mantém com verba do governo federal.

Para outras emissoras abertas, os impeditivos são diferentes. O SBT teria de abrir espaço para o futebol em horários que hoje são voltados a outro tipo de público, por exemplo. Já a Record, que foi parceira da Globo antes da Band, já disse que considera inviável o modelo vigente.

A Bandeirantes paga atualmente uma cota de U$ 50 milhões para a Globo (cerca de R$ 175 milhões). Para bancar isso, precisa amealhar ao menos R$ 250 milhões entre anunciantes – o valor não considera sequer os custos de produção e operação. A emissora paulista vive um momento financeiro conturbado, e a decisão de cortar a parceria tem a ver com isso.

VEJA MAIS:

Globo é a maior interessada em dividir direitos do Brasileirão, diz colunista

Com o fim da parceria com a Band, a Globo precisa dividir com outro canal o conteúdo que poderia ter com exclusividade na TV aberta por uma série de motivos.

A primeira questão é contratual. Para fechar com entidades como Fifa e Uefa, por exemplo, a Globo precisou se comprometer a exibir em TV aberta uma determinada quantidade de eventos. Portanto, ela precisa de um parceiro para desovar conteúdos que não gostaria de encaixar em sua grade. Sem a Band, teria de optar entre encontrar um novo destino para esses eventos ou exibir jogos que dão menos retorno do que outros produtos não-esportivos, como partidas de futebol de base, futebol feminino e fases preliminares de torneios como a Liga dos Campeões, por exemplo.

Outro aspecto é a promoção. Segundo o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica, órgão que regula mercados e combate monopólio em âmbito nacional), a Globo não é obrigada a repassar os direitos do Brasileirão. Contudo, parceiros de transmissão aumentam o espaço do torneio na TV aberta – não apenas com exibição de jogos, mas com jornalismo, análise e similares. Isso fomenta o consumo daquele conteúdo, e um número maior de pessoas vendo futebol tende a ampliar também a audiência da emissora líder.

A busca da Globo por um novo parceiro também dependerá fundamentalmente do mercado publicitário. O atual período do ano já é naturalmente uma fase em que canais tateiam o ambiente em busca de anunciantes, e o surgimento de um novo interessado pelo futebol dependerá das reações de quem pode pagar a conta. A emissora atualmente desembolsa R$ 1,5 bilhão anual apenas com o Campeonato Brasileiro. São seis anunciantes (Ambev, Banco Itaú, BRF, Casas Bahia, Johnson & Johnson e Vivo), e cada um deles desembolsou R$ 245,7 milhões pelo pacote futebol em 2016. O valor inclui todos os eventos da modalidade que o canal exibe.

Nesse aspecto, aliás, pesa outro ponto sobre a decisão da Band. O canal anunciou o fim das transmissões do futebol, mas ainda não oficializou o quanto o esporte vai perder espaço em sua grade. Se mantiver os programas voltados ao tema, portanto, pode continuar brigando por anunciantes interessados no segmento.

O anúncio do término da parceria com a Globo instaurou clima de tensão entre funcionários da Bandeirantes. Existe expectativa de corte para os próximos meses – depois da Eurocopa deste ano, provavelmente. A emissora já havia perdido a Série B do Campeonato Brasileiro para a RedeTV! e já havia deixado de exibir em 2016 a Copa do Brasil.

Procurada pela publicação, a Globo respondeu: “Tudo que temos a dizer está no comunicado”, em referência à nota de terça-feira. O contrato da emissora com os clubes que disputam o Brasileirão vai até a temporada 2018.

Globo é a maior interessada em dividir direitos do Brasileirão, diz colunista

5.5.16

Após a Rede Bandeirantes abrir mão da transmissão do Campeonato Brasileiro, ainda não se sabe como será montado o novo cenário do futebol na televisão, considerando que, diante do fato consumado, qual das outras grandes redes poderá vir compor parceria com a Globo já a partir de agora.

Segundo o jornalista Flávio Ricco, a emissora já consultou Record, SBT e RedeTV! e há uma grande expectativa em torno disso. Com toda certeza é possível assegurar, a Globo não vai transmitir a competição e é a maior interessada em dividir os direitos.

No placar de momento, sabe-se que a RedeTV!, que já tem a Série B, é a mais animada com a possibilidade. Frente a Record e SBT, que têm programações mais fixadas, a emissora de Osasco é apontada como grande zebra. De todas é a que possui a grade mais flexível para atender o calendário do futebol. De qualquer maneira tudo pode se tornar possível no campo das negociações.

Band mantém Eurocopa e Olimpíada

Ainda de acordo com a publicação, a Band pretende manter o que tem estabelecido no seu calendário esportivo, pelo menos por enquanto. As transmissões da Eurocopa e Olimpíada irão acontecer normalmente; quanto aos regionais do ano que vem e a Copa de 2018, de acordo com a sua direção, serão discutidos no momento oportuno.

Da direção da emissora, o último a jogar a toalha pelo Brasileirão foi o vice Marcelo Meira. "Não tem nada tão ruim, que não possa ficar pior", foram essas as palavras do executivo, na terça-feira, ao admitir que não existia mesmo qualquer condição da Band continuar com o futebol e dar continuidade a um acordo de transmissões que durava havia quase 10 anos.

Corinthians supera Seleção e futebol na Globo registra maior audiência do ano

5.5.16
Corinthians empata com Nacional e cai de novo nas oitavas da Libertadores

A transmissão da partida entre Corinthians e Nacional do Uruguai, na quarta-feira (4), registrou o recorde de audiência do futebol na Globo em 2016.

Segundo dados obtidos pelo Portal Mídia Esporte, a emissora teve 32 pontos de média, com 49% de share na Grande São Paulo, superando, inclusive, os jogos da Seleção Brasileira pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Até então, as maiores audiências da Globo na temporada foram com Paraguai x Brasil (31 pontos e 47% de share) e Brasil x Uruguai (30 pontos e 50% de share).

Como o Corinthians acabou sendo eliminado na Libertadores e o Palmeiras já tinha caído na primeira fase, a Globo vai transmitir para a capital paulistas os duelos do São Paulo contra o Atlético Mineiro, pelas quartas de final do torneio.

Copa do Brasil

No Rio de Janeiro, a Globo registrou 24 pontos e 39% de share com a partida entre Fortaleza e Flamengo, pela segunda fase da competição. Foi a terceira maior audiência da Copa do Brasil no ano, ficando atrás dos dois jogos entre Flamengo e Confiança, que tiveram, respectivamente, 26 e 25 pontos.

Champions League

O jogo de volta das semifinais entre Real Madrid e Manchester City rendeu altos números de audiência à Globo e Band na tarde da última quarta.

Em São Paulo, a Globo teve 14 pontos e 27% de share, igualando o recorde dos jogos da Champions, na temporada. Já a Band teve 7 pontos de média, 13% de share e pico de 8, conquistando a segunda posição na faixa das 15h45 às 17h37, e alcançando ainda a liderança por 83 minutos entre os telespectadores de 18 a 24 anos.

No Rio de Janeiro, a Globo registrou média de 16 pontos, com 34% de share, igualando a terceira maior audiência dos jogos da Champions, na temporada, pela terceira vez. Com a mesma partida, a Band marcou média de 3 pontos e share de 6%.

Os números são do Ibope e cada ponto equivale a 67 mil residências sintonizadas em São Paulo e 42 mil no Rio de Janeiro.

VEJA:

Semifinal da Champions League aumenta audiência da Globo

*Atualizado às 14h02

Modelo da Globo para parceiros de transmissões é visto como inviável pela Record

5.5.16

Nos bastidores do futebol e da televisão, não se fala de outro assunto. A desistência da Band em transmitir o Campeonato Brasileiro, depois de dez anos de parceria com a Globo, provocou muitas dúvidas, mas ainda há um questionamento se alguma outra emissora se habilita a entrar no negócio a nove dias do início da competição.

A Record, última parceira da Globo antes da Band, sinaliza que não tem interesse algum em exibir o Brasileirão nas condições estabelecidas, há anos, pela dona dos direitos. Segundo o jornalista Mauricio Stycer, a emissora acredita que a exigência de mostrar a mesma partida que a Globo, tanto aos domingos quanto às quartas, não faz sentido.

A Record acha justo que quem pague mais escolha a partida que deseja exibir. Mas não vê sentido em ser obrigada, como a Band sempre aceitou, a mostrar de forma simultânea o mesmo jogo.

Estimando que a Band pague cerca de US$ 50 milhões (cerca de R$ 175 milhões) por ano à Globo, é preciso faturar, com publicidade, entre R$ 250 milhões e R$ 300 milhões apenas para arcar com todos os custos – praticamente o faturamento anual de uma emissora do porte da RedeTV!.

É possível especular que a Globo terá muita dificuldade em encontrar um parceiro este ano. O SBT não teria interesse em acomodar futebol aos domingos em sua grade. E a RedeTV!, que exibe a Série B, não teria os recursos necessários.

Outro parceiro em potencial neste mercado seria a TV Brasil. A emissora tem feito alguns investimentos nesta área, adquirindo os direitos das Séries B, C e D do Brasileiro e das Paralimpíadas do RIo de Janeiro. Porém, o momento político do país deve dificultar uma decisão neste momento.

Transmissões esportivas da TV (Quinta-feira, 05/05/2016)

4.5.16

07h00 - Tênis, Masters de Madrid: várias partidas - SPORTV3
07h00 - Tênis, WTA de Madrid: quartas de final - BANDSPORTS
15h15 - Vôlei, Italiano Masculino: Perugia x Modena (final, jogo 2) - BANDSPORTS
16h00 - Futebol, Europa League: Liverpool x Valência - ESPORTE INTERATIVO e FOX SPORTS
16h00 - Futebol, Europa League: Sevilla x Shakhtar Donetsk - ESPN BRASIL
17h00 - Futebol, Campeonato Brasileiro Feminino: Ferroviária x Flamengo - TV BRASIL e SPORTV3
17h00 - Golfe, Torneio Wells Fargo: primeira rodada - ESPN+
17h15 - Tênis, WTA de Madri: quartas de final - BANDSPORTS (VT)
18h00 - Futsal, Sul-Americano: Colômbia x Uruguai - SPORTV2
19h00 - Futebol, Campeonato Maranhense: Imperatriz x Sampaio Corrêa - EI MAXX2
19h15 - Futebol, Copa Libertadores: Rosário Central x Grêmio - SPORTV
20h00 - Campeonato Brasileiro: cerimônia de lançamento - SPORTV2
21h00 - Basquete, NBA: Toronto Raptors x Miami Heat - SPORTV3
21h15 - Futsal, Sul-Americano: Brasil x Argentina - SPORTV2
21h30 - Copa do Brasil: Cruzeiro x Campinense - SPORTV e ESPN BRASIL
21h30 - Futebol, Copa do Brasil: Genus x Ponte Preta - FOX SPORTS2
21h45 - Futebol, Copa Libertadores: Boca Juniors x Cerro Porteño - FOX SPORTS
22h00 - Hóquei, NHL: Nashville Predators x San Jose Sharks - ESPN
03h35 - Rugby, Super Rugby: Crusaders x Reds - WATCH ESPN (Internet)

*A programação é fornecida pelas emissoras e está no horário de Brasília