Header Ads

Campeonato Chinês vende direitos de TV por US$ 1,25 bi

O grupo de mídia chinês Ti'ao Power adquiriu os direitos de transmissão e de produção nacionais da Chinese Super League (CSL), a primeira divisão do Campeonato Chinês de Futebol, pelos próximos cinco anos (de 2016 a 2020).

Robinho é um dos jogadores brasileiros que estão na liga chinesa de futebol (Foto: Getty Images)

O grupo de mídia chinês Ti'ao Power adquiriu os direitos de transmissão e de produção nacionais da Chinese Super League (CSL), a primeira divisão do Campeonato Chinês de Futebol, pelos próximos cinco anos (de 2016 a 2020).

LEIA MAIS
Rede de TV americana NBC paga US$ 1 bilhão pelo Campeonato Inglês até 2022

Segundo a mídia local, a empresa vai pagar um valor total que gira em torno de US$ 1,25 bilhão (R$ 5 bilhões), um recorde na história dos direitos esportivos na China, superando o valor de US$ 1 bi (US$ 4 bi) pago pelo canal Super Sports ao Campeonato Inglês em 2012.

O futebol local já é bastante popular na China, mas a Ti'ao Power aposta em um crescimento mais significativo no status da liga chinesa nos próximos anos. Entre as competições fora da Europa, o Campeonato Chinês é um dos que tiveram maior ascensão nos últimos anos, junto com a Major League Soccer (MLS), principal liga de futebol dos Estados Unidos.

Apesar de ter alguns jogadores brasileiros, como Robinho, Diego Tardelli e Ricardo Goulart, o Campeonato Chinês ainda não é transmitido no Brasil.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte) e Twitter (twitter.com/midiaesporte).
Tecnologia do Blogger.