Executivo diz que Globo pode exibir jogos da NBA "se e quando quiser"

No entanto, Arnon de Mello afirma que o assunto ainda não foi discutido entre a liga de basquete e a emissora carioca

21:37

No entanto, Arnon de Mello (foto) afirma que o assunto ainda não foi discutido entre a liga de basquete e a emissora carioca



No ano passado, a NBA firmou acordo com o Grupo Globo referente à transmissão dos jogos da liga norte-americana de basquete. Porém, a exibição das partidas não está prevista apenas para a TV fechada.

VEJA TAMBÉM

Veja os jogos da NBA com transmissão do SporTV entre janeiro e abril


Em entrevista ao blog Bala na Cesta, do UOL, o chefe de escritório da NBA no Brasil, Arnon de Mello, revelou que não só o SporTV pode transmitir a NBA, mas também a própria Globo. No entanto, esse tema ainda não foi discutido entre as partes.

"A TV Globo tem os direitos para exibir os jogos se quiser e quando quiser, mas este assunto ainda não está na pauta", disse o executivo.

Apesar da NBA ainda não ter jogos exibidos pela emissora carioca, Arnon diz que não impõe transmissões em TV aberta e que neste momento prefere ter uma ampla cobertura nos programas esportivos da Globo, com o foco de atingir o público jovem.

"Se você me perguntar agora se eu prefiro ter um jogo na TV Globo a uma da manhã uma vez por semana ou ter cinco minutos da NBA em todo Globo Esporte ou em todo programa esportivo da Bandeirantes, eu prefiro essa segunda opção. Eu estou pensando nessa nova geração, nessa galera nova que está chegando e que está tendo o seu primeiríssimo contato com a NBA. Nessa época do ano, por exemplo, é muito difícil que um garoto de 15, 16 anos, que é meu foco, esteja acordado a uma, duas da manhã para ver NBA. É muito complicado", disse.

Contudo, Arnon comemora os bons resultados das primeiras transmissões da NBA no SporTV, e ainda revelou que o canal esportivo está mostrando mais jogos do que o previsto inicialmente, o que está sendo bem visto pela liga.

"A quantidade de jogos que o SporTV deve exibir por semana é muito maior do que a que está escrita em contrato. Muito maior. Se estão colocando, é porque está dando boa repercussão".

Arnon de Mello ainda falou sobre como qual a estratégia da NBA em inserir o NBA.com.br, site oficial da liga no Brasil, para dentro do site do SporTV.

"Isso a gente já faz em alguns lugares do mundo. Se não me engano são 19 os países que usam este tipo de estratégia. Os mais conhecidos são na Espanha, com o jornal Marca, na Argentina com o Olé e no México com o Claro Deportes. Em todos esses lugares tivemos uma reação difícil no início. Difícil do heavy-user que mencionei na primeira parte da entrevista. Do cara que estava acostumado a ver estatística, calendário, programação no site da NBA. Agora estamos em um processo de adaptação para essa nova realidade que se apresenta. E essa nova realidade traz, sim, alguns pontos de reflexão".

Por fim, o executivo afirma que não houve nenhum tipo de atrito com a ESPN em relação ao acordo com o SporTV. "Não houve ruído algum com a ESPN. A ESPN tem lá o pacote de conteúdo que eles podem usar. E o SporTV, por sua vez, também. Cada um tem a sua parte de conteúdos exclusivos e isso não interfere no andamento das coisas", disse Arnon.

Da Redação/Portal Mídia Esporte
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »