América-MG é o 14º clube a assinar com a Globo pelo Brasileirão

O acordo foi confirmado por por Marcos Salum, ex-presidente do clube

17:36

O acordo foi confirmado por por Marcos Salum, ex-presidente do clube



Por UOL Esporte (Eduardo Ohata) - A Globo assinou com mais uma equipe da Série A os direitos de TV fechada do Brasileiro pelo período entre 2019 e 2024. O 14º clube a fechar com a Globosat é o América-MG, este blog apurou.

O canal Esporte Interativo disputa com a Globo os direitos do Brasileiro para a TV fechada a partir de 2019. Para uma emissora transmitir um jogo, ambos os times têm que estar fechados com ela.

Ou seja, uma partida envolvendo um clube que assinou com a Globosat e outro que fechou com o Esporte Interativo NÃO será exibido na TV fechada. Se o seu time na etapa final do Brasileiro depender de um resultado para alcançar a liderança ou não cair, essa partida não será exibida na TV fechada se os dois times estiverem assinados com emissoras diferentes.

A informação de que o América-MG fechou com a Globosat foi confirmada por Marcos Salum, ex-presidente do clube, que participou das negociações envolvendo o clube mineiro com a programadora, e posteriormente cruzada com uma outra pessoa que participou diretamente das negociações.

“Estou muito satisfeito que a Globo tenha adotado um modelo de repartição de dinheiro semelhante ao inglês'', festejou Salum. “Antes, um time que subia da Série B para a A, estava fadado a cair [para a B novamente]. Agora, a situação está muito melhor para um time médio que sobe para a Série A e se projeta.''

Salum se refere à repartição do dinheiro da TV fechada na proporção de 40% (bolo a ser dividido por todos), 30% (por resultado em campo) e 30% (por audiência). “Estou feliz por ter adotado esse critério inteligente do futebol inglês e alemão'', diz Salum. “Estamos no caminho certo, no longo prazo, e com ajustes, vai fazer bem aos times e ao campeonato.''

Salum também “pilotou'' a negociação do clube mineiro pela Série B. Ao lado de Náutico, Paysandu e Atlético Goianiense, apresentou à CBF e Globosat um estudo que mostrava que times que subiam da Série B não tinham condições de se manter na divisão principal por causa do abismo financeiro que os separavam de Corinthians e Flamengo, por exemplo. “Esse modelo é mais justo, a diferença é mais suportável para um clube médio.''

Além do América-MG, a Globosat também fechou com Corinthians, São Paulo, Grêmio, Fluminense, Botafogo, Vasco, Atlético-MG, Cruzeiro, Vitória, Sport, Chapecoense, Avaí e Náutico.

O Esporte Interativo assinou com Santos, Internacional, Atlético-PR, Bahia, Ceará, Joinville, Sampaio Corrêa, Paysandu e Coritiba.
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »