Header Ads

Palmeiras exige mais dinheiro e avisa que não tem pressa em fechar com Globo ou Esporte Interativo

Presidente do alviverde afirma que objetivo é diminuir distância para Corinthians e Flamengo


O Palmeiras, último dos grandes clubes a permanecer um “agente livre'' pelos direitos do Campeonato Brasileiro de 2019 a 2024, não aceitou a última proposta financeira da Globo, segundo informações do UOL.

Executivos da emissora carioca informaram ao clube que chegaram ao limite do que poderiam oferecer pelos direitos da competição. O Palmeiras exigiu mais dinheiro, e novas negociações devem acontecer.

+ Esporte Interativo faz oferta milionária à CBF pela Copa do Brasil

Na última segunda-feira (23), em reunião no Conselho Deliberativo, o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, afirmou que seu objetivo é diminuir a distância entre seu clube e Corinthians e Flamengo, em termos de valores de TV.

O dirigente explicou que ainda há distância, mas que ela diminuiu em relação ao início das negociações e ressaltou, uma vez mais, que a negociação com a Globo continua, por ser um parceiro importante.

Nobre argumenta na mesa de negociação que não tem pressa em fechar negócio com Globo ou Esporte Interativo porque o clube não tem dívidas no mercado, já que grande parte das contas do clube foram consolidadas pelo próprio Nobre, e conta com o patrocínio da Crefisa.

Apesar do impasse, a Globo não fechou as portas para novas rodadas de negociações com o Palmeiras, e vice-versa. Porém, a emissora e o clube alertam que as últimas condições apresentadas de ambos os lados podem não ser as mesmas quando as negociações forem retomadas.

O Esporte Interativo, rival do SporTV pelos direitos do Brasileirão, se animou com a posição da Globo. O fundador do canal, Edgar Diniz teria tentado fechar o acordo com o Palmeiras antes do evento que anunciou que o canal havia fechado com 14 clubes, em março. Mas não conseguiu contemplar o cardápio de exigências do clube, e posteriormente deixou a emissora.

No caso de Palmeiras e Esporte Interativo, também as portas estão abertas de ambos os lados para o prosseguimento da negociação.

Nos corredores do Allianz Parque e da emissora que participa da negociação, já passa a ser cogitado um cenário no qual a assinatura do contrato do Palmeiras pelo Brasileirão aconteça somente próximo ao final do ano.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte) e Twitter (twitter.com/midiaesporte).
Tecnologia do Blogger.