Globo aumenta valor de cotas de patrocínio da Fórmula 1 em 10%

Emissora carioca deve faturar R$ 435 milhões

15:29
Reprodução/Globo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O prazo para que os atuais patrocinadores da Fórmula 1 na Rede Globo manifestassem seu interesse em renovar o plano para a temporada de 2017 terminou na última segunda-feira (7). O valor de cada cota, porém, teve um aumento.

Segundo informações do site Meio e Mensagem, ada uma das seis cotas de patrocínio tem valor de tabela de R$ 87,2 milhões (praticamente 10% acima do preço de R$ 79,8 milhões, cobrado por cada cota da temporada 2016). Ou seja, a emissora carioca deve faturar R$ 435 milhões no total.

Grupo Petrópolis (Itaipava), Renault, Santander, TIM, Unilever e Zap Imóveis têm prioridade na negociação. Caso algum dos atuais patrocinadores não renove o pacote, a emissora oferecerá o plano para os demais anunciantes. O desfecho das negociações ainda não foi divulgado.

Apesar da presença de um piloto brasileiro na próxima temporada ainda não esteja garantida (Felipe Nasr está em negociação avançada com a Force India), a Fórmula 1 ainda parece ter potencial para gerar negócios no Brasil.

De acordo com a imprensa especializada no setor, o 'chefão' da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, está empenhado em auxiliar a negociação de Nasr com a equipe por conta dos índices de audiência (e pela consequente movimentação de negócios) que a transmissão gera no mercado brasileiro.
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »