Disputa entre TVs por direitos de Champions e Libertadores começa no segundo semestre

Emissoras estão se preparando para uma possível coincidência de disputas pelas duas competições

4/13/2017 07:00:00 PM
Reprodução
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A concorrência entre as emissoras de televisão pelos direitos de transmissão da Copa Libertadores e da Liga dos Campeões está próxima de começar. Já há, inclusive, uma preparação para uma possível coincidência de disputas pelas duas competições no segundo semestre deste ano.

Segundo informações do jornalista Rodrigo Mattos concorrência da Champions já é certa, enquanto a da Libertadores deveria ocorrer na mesma época, embora a Conmebol não a tenha confirmado.

A Liga dos Campeões foi adquirida pelo Esporte Interativo de 2014 após concorrência com outras emissoras de TVs fechadas. O contrato atual irá até a temporada 2018/2019. A nova concorrência está prevista para o segundo semestre deste ano, ainda sem data certa.

Entre os concorrentes, é certo a presença do próprio Esporte Interativo, além de provavelmente a ESPN e o SporTV. Não se sabe se a Fox Sports entrará nesta disputa. O último contrato foi obtido com um pagamento superior a US$ 100 milhões por três anos. Houve uma concorrência de envelope fechado, o que se repetirá agora este ano.

No caso da Libertadores, porém, o cenário ainda é incerto. Mas a Conmebol já informou às emissoras que vai contratar uma empresa para montar uma concorrência para o contrato a partir de 2019. A expectativa é que até o segundo semestre o modelo desse leilão esteja pronto e seja colocado em prática. Até porque as emissoras entendem que, depois disso, fica bem em cima do final do contrato.

A questão é que alguns executivos de televisões ainda se mostram descrentes sobre a intenção da Conmebol de executar a concorrência. A confederação sul-americana nunca executou uma disputa aberta, sempre vendendo os direitos de forma obscura. Por isso, foram constatados pagamentos de propina a dirigentes em contratos da entidade, em investigação feita pelo Departamento de Justiça dos EUA no ''caso Fifa''.

Membros da cúpula da Conmebol dizem que já foi decidido que a concorrência ocorrerá por país, sem necessariamente haver divisão por plataforma. A participação de emissoras na disputa vai depender do modelo e da confiabilidade que a confederação sul-americana der ao processo. É certo que a Fox Sports e provavelmente a Sportv vão participar. Esporte Interativo e ESPN vão depender da concorrência.
Quer receber notícias do Portal Mídia Esporte pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »