Header Ads

Emissoras deixam de ter poder sobre tabela da Libertadores a partir de 2019

Iniciativa da Conmebol muda radicalmente o formato atual em que as emissoras escolhem jogos e times para determinados horários

Reprodução

A Conmebol finaliza o modelo de licitação dos direitos de transmissão da Libertadores-2019 a ser lançado até o final de fevereiro ou início de março. E já foi incluído no texto que as redes de televisão não terão mais poder sobre a tabela com a entidade determinando o cronograma de jogos sozinha. Isso muda radicalmente o formato atual em que as emissoras escolhem jogos e times para determinados horários, priorizando equipes que dão mais audiência como Flamengo e Corinthians.

A Conmebol já tinha comunicado às emissoras que queria mudar a relação entre partes na nova venda dos direitos da Libertadores em alguns pontos. A informação causou contrariedade na Globo. Mas, mesmo assim, a confederação sul-americana decidiu incluir o novo modelo na licitação.

Pela fórmula escolhida, a Conmebol dividiu em quatro pacotes diferentes os direitos da Libertadores para o Brasil, principal mercado. Um será o de TV Aberta com direito a um jogo por rodada. Haverá dois pacotes de TV Fechada, um com direito a jogos melhores, e outro a segunda escolha de partidas. Por fim, haverá a opção de comprar um pacote isolado que inclui todos os jogos de quinta-feira para todas as plataformas.

Em nenhum dos modelos, as redes de televisão terão garantias de quais times atuarão na partida a que terão direito. As emissoras terão, sim, o direito de saber que poderão contar com as equipes mais atrativas sob o ponto de vista de audiência em algumas rodadas. Mas isso não ocorrerá em todos os jogos como atualmente.

Ou seja, a Globo não poderá passar os seis jogos do Flamengo ou do Corinthians na primeira fase em TV Aberta como faz atualmente. Na Argentina, quem levar o pacote mais generoso também não terá como apenas transmitir partidas de Boca Juniors e River Plate em todas as rodadas. Terá de haver um rodízio e será a Conmebol quem definirá quem fica com qual jogo.

No modelo atual, após o sorteio da Libertadores, diretores da Conmebol se reúnem com as principais televisões para fazer a tabela em conjunto. É assim também com o Brasileiro em que a CBF atende as demandas da Globo. A partir de 2019, a Conmebol que realizará a tabela sozinha.

Isso não significa que não haverá adaptações para as televisões. Os horários e distribuições de jogos estão sendo feitos para que sejam atrativos para as emissoras. A intenção da Conmebol de adiantar o início dos jogos da noite para 21h30 não está certa. Até o final da semana passada, a entidade ainda não tinha definido os horários padrões das partidas, que tem como objetivo criar uma marca fixa.

Há ainda uma intenção de expandir a transmissão da Libertadores em TV Aberta em vários países para além do Brasil. Isso porque, em boa parte das nações sul-americanas, as redes abertas não têm direitos da competição. O objetivo da Conmebol é popularizar a Libertadores nestes países mesmo que receba pouco pelos direitos nesses casos.

Uma outra novidade na licitação é que haverá uma inserção comercial de um dos patrocinadores da Libertadores obrigatória na TV. Não será uma imposição grande e por muito tempo como ocorre com a Liga dos Campeões. Será mais curto para não afetar as emissoras.

A expectativa da Conmebol é lançar a licitação da Libertadores até o final de fevereiro, no máximo início de março. Posteriormente, vai preparar uma disputa pelos direitos da Copa Sul-Americana. A IMG e a Perform, agências de marketing esportivo, garantiram uma renda mínima de US$ 350 milhões pelos direitos das duas competições. A partir daí, os ganhos serão divididos entre Conmebol e as empresas.

Com informações do blog de Rodrigo Mattos, do 'UOL'.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte), Twitter (twitter.com/midiaesporte) e Instagram (instagram.com/midiaesporte).

Quer anunciar no Portal Mídia Esporte? Entre em contato com a nossa equipe no email midiaesporte@gmail.com e solicite uma proposta.




Tecnologia do Blogger.