Header Ads

ESPN substitui Fox Sports e passa a transmitir o UFC na TV americana

Novo contrato totaliza US$ 1,5 bilhão e entra em vigor em 2019

Reprodução

A ESPN comprou os direitos de TV do Ultimate Fighting Championship (UFC) nos Estados Unidos.

A notícia vem apenas algumas semanas depois de o canal se tornar o parceiro exclusivo de streaming da organização de MMA no país, celebrando um contrato de direitos digitais de vários anos para mostrar 15 eventos por ano através de sua recém-lançada plataforma online ESPN+.

O pacote de direitos, que atualmente é mantido pelo Fox Sports, inclui mais 15 lutas por ano, o que significa que a ESPN cobrirá um total de 30 eventos por ano. As lutas serão divididas entre os canais lineares da ESPN e a ESPN+, enquanto o UFC continuará exibindo os eventos pay-per-view pelo seu serviço de streaming Fight Pass.

Os novos acordos de direitos digitais e televisivos entram em vigor em 2019 e, segundo o site 'Variety', totalizam US$ 300 milhões por ano, totalizando US$ 1,5 bilhão em cinco anos.

O contrato representa um aumento de US$ 200 milhões anuais em relação ao valor anteriormente pago pela Fox. O montante, no entanto, ficou bem abaixo dos US$ 400 milhões a US$ 450 milhões que a Endeavor, empresa controladora do UFC, queria pelos direitos.

No Brasil, os direitos de transmissão do UFC atualmente pertencem ao Grupo Globo.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte), Twitter (twitter.com/midiaesporte) e Instagram (instagram.com/midiaesporte).

Quer anunciar no Portal Mídia Esporte? Entre em contato com a nossa equipe no email midiaesporte@gmail.com e solicite uma proposta.




Tecnologia do Blogger.