Liga Sul-Minas-Rio deve fechar com CEO para negociar com emissoras

A definição de um CEO para assumir a Liga Sul-Minas-Rio, criada na última quinta-feira (10), é tratada pelos integrantes como um ponto estratégico para a viabilização da competição. Os dirigentes selecionáveis para o cargo ainda são guardados a sete chaves pelos dirigentes envolvidos na criação da Liga.

18:34
13 clubes participam da nova Liga (Foto: Site oficial Avaí)

A definição de um CEO para assumir a Liga Sul-Minas-Rio, criada na última quinta-feira (10), é tratada pelos integrantes como um ponto estratégico para a viabilização da competição. Os dirigentes selecionáveis para o cargo ainda são guardados a sete chaves pelos dirigentes envolvidos na criação da Liga.

Entretanto, de acordo com o jornal Lance, o profissional escolhido já assumirá a função de diretor-executivo da Liga com a primeira missão já definida: apresentar o projeto a uma emissora de televisão, com a Rede Globo sendo a primeira opção. Rumores apontam que Fox Sports e Esporte Interativo também teriam interesse pelo torneio.

LEIA MAIS
Globo deve ser procurada para liberar volta do Torneio Rio-São Paulo

A Liga Sul-Minas-Rio, inclusive, desenvolveu um estatuto com cerca de 20 páginas já preparado para receber ou não o apoio da CBF para o torneio. As federações estaduais não são preocupação do grupo, que garante ter condições de andar com as próprias pernas. Se não tiver a chancela da CBF, por exemplo, a liga vai ter que cuidar da própria arbitragem.
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »