ESPN anuncia que fará corte de funcionários no Brasil

A operação brasileira do canal irá eliminar postos de trabalho

17:49

A operação brasileira do canal irá eliminar postos de trabalho

Foto: Divulgação

Como parte de uma reestruturação global da ESPN anunciada nesta quarta, 21, pelo seu presidente John Skipper em mensagem a seus funcionários (ver carta abaixo), a operação brasileira do canal irá eliminar postos de trabalho.

“Dentro de um cenário cada vez mais competitivo e com compromisso de manter o desenvolvimento do negócio, a ESPN revisou suas operações globalmente para se preparar para o futuro.

Como parte desse plano de esforços, a ESPN no Brasil terá de eliminar algumas posições de trabalho'', confirma a empresa ao UOL Esporte, sem no entanto informar número de demissões nem quais áreas da emissora esportiva no país serão afetadas.

“A ESPN continua com o compromisso de ter a melhor entrega para o fã do esporte, parceiros e clientes e se concentrará no aprimoramento e desenvolvimento de novas tecnologias, produtos e serviços'', finaliza o comunicado.

Leia o comunicado na íntegra:

A demanda por esportes continua a mesma, apesar do cenário em que atuamos nunca ter se mostrado tão complexo.

Nossos 36 anos de crescimento e sucesso constantes foram resultado da nossa incansável determinação de reimaginar nosso futuro, de acolher as mudanças e tomar as decisões certas para a nossa empresa, inclusive decisões difíceis que afetam pessoas que têm sido parte importante do nosso trabalho.

A partir de hoje, daremos início a uma série de mudanças organizacionais na ESPN que nos fortalecerão na conquista dos nossos objetivos futuros, e esse processo contará com a eliminação de algumas posições, afetando amigos e colegas em toda a organização.

Antes de tomarmos cada decisão, avaliamos e discutimos cuidadosamente as alternativas. As pessoas que nos deixarão foram parte do sucesso da ESPN e nós agradecemos suas contribuições e respeitamos o papel que desempenharam. Durante o período de transição, forneceremos todo o apoio possível, e isso inclui um pacote de desligamento que reflita seus anos de serviço, extensão de assistencia médica, além do serviço de recolocação profissional, para ajudá-las a encontrar outro emprego.

Essas mudanças são parte de uma ampla estratégia para garantir que estejamos bem preparados para aproveitar ao máximo as novas oportunidades de construção do futuro da ESPN. Essas atividades incluem:

  • Inovação constante e incansável, o que inclui a integração de novas tecnologias a todos os aspectos do nosso negócio.
  • Aprimoramento das nossas atividades de vendas e marketing com o uso de novas ferramentas e técnicas que gerem melhores dados, personalização e customização para os nossos anunciantes.
  • Integração das nossas atividades de distribuição para atender melhor aos nossos parceiros, atuais e futuros, com nossos serviços e produtos que são líderes no setor.

Nunca é fácil tomar decisões que afetem os nossos funcionários, não importa quantas vezes, ao longo dos anos, tenhamos ajustado nosso rumo para nos mantermos como líderes globais no setor. Porém, isso é necessário para a nossa constante evolução estratégica, visando garantir que a ESPN continue sendo a líder nos esportes e o principal destino de esportes em qualquer plataforma.

Sei que esse processo será difícil para todos, mas acredito que as medidas que estamos tomando trarão vantagens competitivas importantes para a nossa empresa a longo prazo. Agradeço seu profissionalismo e apoio daqui para frente, para garantir o contínuo sucesso da ESPN e para garantir aos fãs dos esportes que o melhor ainda está por vir.

John

Fonte: UOL Esporte vê TV
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »