Kajuru detona Esporte Interativo e chama emissora de "TV de rodoviária"

Jornalista também alfineta sua antiga emissora em rede social: "Quem vai ver futebol em computador ou parabólica?"

14:42

Jornalista alfineta sua antiga emissora em rede social: "Quem vai ver futebol em computador ou parabólica?"

Jorge Kajuru trabalhou no EI entre 2010 e 2014 (Foto: Divulgação / Esporte Interativo)

Atualmente fora da TV, o jornalista Jorge Kajuru, conhecido pelas polêmicas, fez mais uma declaração que deu o que falar. Nesta quarta-feira (28), ele usou as redes sociais para dar sua opinião sobre o interesse do Esporte Interativo e da Record pela transmissão da Primeira Liga, torneio criado pela Liga Sul-Minas-Rio que deve ser realizado a partir de 2016.

Kajuru escreveu no Twitter que a Rede Globo é imbatível no mercado de direitos de transmissão no Brasil, e ainda detonou o EI, última emissora onde trabalhou. "Gente, Globo é Globo. Tem os maiores clubes no bolso. Só idiota prá crer que o futebol vai ser de TV de rodoviária, a EI. Nem Record dá conta".

Além disso, ele ainda deu outra alfinetada no Esporte Interativo em outro tweet. "Quem vai ver futebol em computador ou parabólica? E dirigente que se acha poderoso de derrubar a Globo, só pode babar. Soberbo, mais?", completou.

Kajuru esteve no canal esportivo do Grupo Turner entre 2010 e 2014, onde fez os programas "Kajuru sob Controle" , "Kajuru Pergunta" e "O Outro Lado da Copa". Ainda durante o Mundial do Brasil, ele saiu da emissora para se candidatar a deputado federal em Goiás - onde não foi eleito. Uma semana após sua saída, o jornalista disse no Twitter que sua cabeça foi pedida ao EI por José Maria Marin, ex-presidente da CBF, Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB, e pela Sadia, empresa que fez uma campanha publicitária da Copa do Mundo criticada por ele.

"José Maria Marin, Agência da Sadia e Carlos Nuzman sócio exigiram minha demissão na TV Esporte Interativo. Agradeço, eu já estava saindo. Há 1 ano a TV não me pagava nada pelo blog, reduziu salário e pelo programa Kajuru Pergunta. Por consideração ao Diego [Vieira, gerente de conteúdos da emissora], Fábio [Medeiros, diretor de conteúdo do EI] e [André] Henning, me calei e acreditei na promessa de que receberia dia 10 de Junho. Me abalei com tal fato (provas comigo) pois sempre elogiei a TV, e continuarei gostando de todos, sem exceção. Quero apenas que ela cresça e honre seus compromissos. Todo dia, 5,6 pedem demissão e eles só contratam estagiário. Dinheiro não falta. A TV é sócia do BNDES (25%) e agora da Turner Americana (25%). Lá fiquei 4 anos e meio. Espero um acordo honesto e amigável. Coitados. Quando Marin, Nuzman e a agência do hambúrguer podre pediram minha cabeça, eu já tinha pedido saída no ar. Nuzman e Marin, os chamei de ladrões. A agência, porque critiquei o comercial das crianças: Seleção joga para nós, esqueça os adultos”, escreveu Kajuru, na época.

Em reposta, o Esporte Interativo disse, também na mesma época, que Kajuru tinha pedido para sair da emissora , que "não existe nem um débito salarial e que a admiração pelo profissional continua inabalável”. Sobre essa nova alfinetada do jornalista, o EI ainda não quis se pronunciar.

Da Redação/Portal Mídia Esporte
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »