Esporte Interativo tenta negociar com clubes que fecharam com a Globo por Brasileirão

A fidelidade de parte desses clubes à emissora carioca apresenta-se como um desafio para o canal de investidor norte-americano

17:08

A fidelidade de parte desses clubes à emissora carioca apresenta-se como um desafio para o canal de investidor norte-americano



Após perder o São Paulo, o Esporte Interativo/Turner mira clubes que já se acertaram com a Globo pelo Brasileiro-2019 no ano passado: aposta em acordos a partir de 2021. Mas a fidelidade de parte desses clubes à emissora carioca apresenta-se como um desafio para o canal de investidor norte-americano.

VEJA TAMBÉM

Clubes "fechados" com Esporte Interativo analisarão proposta da Globo


No final do ano passado e no início de 2016, sete equipes fecharam rápido contratos de renovação com a Globo pelos direitos do Brasileiro para 2019 e 2020. Na época, a emissora fazia propostas piores. Motivo: os times necessitavam de adiantamentos para pagar contas. Entre eles, estavam Botafogo, Vasco, Cruzeiro, Corinthians, Sport, Atlético-MG.

Depois disso, o Esporte Interativo entrou na concorrência e ofereceu R$ 550 milhões pela TV Fechada. Isso obrigou a Globo a rever propostas e aumentar valores: fechou com o São Paulo pela TV Fechada por R$ 560 milhões considerando todos os clubes. O Fluminense foi outro a conseguir condições melhores, após negociar com o EI. E outros times têm ofertas mais altas.

Com isso, o Esporte Interativo resolveu voltar a conversar com quem tinha acertado seu contrato de renovação de 2019 e 2020 com a Globo. A ideia era mostrar para os clubes que tinham condições piores que os outros e fazer propostas de 2021 até 2024. O presidente do Vasco, Eurico Miranda, deu uma declaração recente ao “O Globo'', dizendo que ficou seduzido pela proposta da Turner: o blog apurou que ele conversa com a Turner.

Mas o avanço não tem sido significativo em outros clubes. A diretoria do Botafogo diz que não foi procurada pelo canal, e não se mostra muito aberta a negociar o futuro agora.

“Não sei até que ponto esses novos contratos são melhores. Os contratos são confidenciais. Eventualmente, a Globo pode fazer uma alteração no nosso contrato para adaptações. A relação que temos com a Globo é muito boa'', contou o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Peireira.

Uma postura similar foi dada pelo Cruzeiro. O diretor de marketing cruzeirense, Róbson Pires, nega qualquer contato com a Turner. E não está preocupado com acordos de outros clubes com a Globo.

“Na verdade, sempre existe uma diferença entre os clubes. O Cruzeiro conseguiu um bom reajuste. Se houver qualquer desequilíbrio, a Globo vai procurar o Cruzeiro para conversar'', disse Pires. “Temos contrato até 2020. Se as partes entenderem, podem mudar. Mas está fechado.''

Não há muito campo também para avançar no Corinthians, um dos primeiros a se acertar com a Globo. A Turner ainda disputa Flamengo, Palmeiras e Grêmio com a emissora carioca.

Fonte: Rodrigo Mattos/UOL
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »