Globo não transmitirá volta de Anderson Silva ao UFC por conta do horário

A volta do Spider só poderia ser mostrada no horário atualmente destinado ao reality Big Brother Brasil

19:30

A volta do Spider só poderia ser mostrada no horário atualmente destinado ao reality Big Brother Brasil



O fã de UFC não poderá assistir na TV aberta o retorno de Anderson Silva ao MMA no próximo sábado (27) após suspensão por uso de doping. O combate entre o ex-campeão dos pesos médios contra o inglês Michael Bisping, no UFC Londres, será exibido apenas em pay-per-view pelo Combate. Uma luta de grande apelo, mas que tem no seu horário um complicador, alega a emissora.

Realizada na capital inglesa, o combate, válido pelo chamado “card principal'', deve acontecer no horário brasileiro mais ou menos no momento que o Jornal Nacional estiver no ar ou, em caso de atraso, batendo com a novela das 21h da Globo, A Regra do Jogo, campeã de audiência do canal.

Somando-se a isso o obrigatório habitual atraso mínimo de 30 minutos em relação ao evento ao vivo na Europa, a volta do Spider só poderia ser mostrada no horário atualmente destinado ao reality Big Brother Brasil, outro programa de enorme audiência. As atrações seguintes, Amor & Sexo, Altas Horas e Supercine, necessitariam ter o seu horário de exibição modificados, a exemplo do BBB, ou possivelmente algo cancelado na noite de sábado.

Segundo apurou o UOL Esporte, algumas pessoas na emissora até chegaram a defender a mudança na programação para comportar a transmissão de UFC, porém no fim avaliou-se que não valeria a pena toda a complexa operação.

“Por ser realizada em Londres, o horário da luta do Anderson Silva é desfavorável, teria um delay muito grande. Estamos fazendo uma cobertura jornalística extensa, que já começou no fim de semana passado mostrando a preparação de Anderson com matérias no Esporte Espetacular e no Fantástico, e que continuará com o resultado da luta'', pronunciou-se de forma oficial a emissora em contato com nossa reportagem.

Um outro aspecto que pode ter colaborado para a decisão seria uma limitação no número de eventos do UFC fora do país com possibilidade de transmissão pela Globo. A princípio, a emissora só teria direito a mostrar quatro edições neste ano, sendo três no país e apenas um dos eventos realizados no exterior. Em 2015, foi preciso negociar uma luta extra em relação ao inicialmente previsto, segundo o blog apurou.

“Não divulgamos detalhes dos nossos contratos, mas optamos pela luta entre o brasileiro Rafael dos Anjos e o irlandês Conor McGregor, no dia 5 de março, porque vale o cinturão dos pesos leves do UFC. Ela será exibida com atraso de, no mínimo, 30 minutos'', afirmou a assessoria de Comunicação da Globo, antes do anúncio do UFC nesta terça-feira sobre o cancelamento da disputa em virtude de lesão do lutador brasileiro, imprevisto que obrigará a emissora a rever seu planejamento inicial.

Fonte: UOL Esporte vê TV
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »