América-RN e ABC analisam proposta do Esporte Interativo por Brasileirão

Oferta do EI vale apenas para a TV fechada a partir de 2019

09:36

Oferta do EI vale apenas para a TV fechada a partir de 2019



Por Novo Jornal (Norton Rafael) - Dirigentes de América e ABC vão se reunir nos próximos dias com representantes do Esporte Interativo para negociar os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2019. As reuniões estão marcadas para acontecer durante o mês de abril.

A tendência é de que os dois principais clubes do estado aceitem a proposta que será feita pelo canal do grupo Turner e passem a englobar o bloco que se desmembrou da Rede Globo. A emissora carioca ainda não procurou as equipes locais para discutir a renovação contratual dos direitos de transmissão das séries A e B referentes à TV fechada. As transmissões no pay-per-view e na TV aberta continuarão sendo feitas pela Globo.

Atualmente, as equipes potiguares têm em vigência um contrato com o Esporte Interativo para a transmissão do Campeonato Potiguar e da Copa do Nordeste e com a Globo para transmissão de jogos válidos pelas duas principais divisões do futebol nacional. A duração da parceria com o EI vai até 2023 enquanto que a da Rede Globo se encerra em 2018.

De acordo com o presidente do ABC, Judas Tadeu, a parceria feita com o Esporte Interativo tem sido vantajosa para o clube. Nesse primeiro semestre, o canal transmitiu todos os jogos do alvinegro no Campeonato Potiguar e na Copa do Nordeste e transmitirá as partidas da Série C deste ano. “É uma exposição importante para o clube. Estamos fortalecendo nossa marca para todo o país”, avaliou.

Além disso, mensalmente o Esporte Interativo paga ao Elefante valores referentes ao acordo das cotas de televisão. “Em março, recebemos R$ 22,5 mil do EI. Esse montante devia ser maior, mas a diretoria passada optou por fazer uma antecipação de receita televisiva e comprometeu o que recebemos nesta temporada”, disse Tadeu.

A situação do América é semelhante. Assim como no caso do ABC, todos os jogos do Dragão no primeiro semestre deste ano serão transmitidos pelo Esporte Interativo, com exceção dos jogos da Copa do Brasil.

Segundo o presidente rubro, Beto Santos, apesar do clube ainda esperar a posição da Rede Globo, a tendência é de que seja sacramentado o acordo com o Esporte Interativo. “Eu e o ex-presidente Eduardo Rocha marcamos uma reunião com um executivo do EI para o próximo mês”, disse.

Na tarde desta quinta-feira (30), o Esporte Interativo anunciou um acordo com o Fortaleza, clube que assim como ABC e América disputa a Série C do Brasileirão nesta temporada, pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2019. Embora os valores da negociação não tenham sido divulgados oficialmente, é provável que o Leão receba R$ 5,5 milhões fixos por ano pelo acordo, além de luvas e premiações.

Além do Fortaleza, outros oito clubes já fecharam com o EI, entre eles Santos, Ceará e Bahia. A expectativa do canal é de fechar com pelo menos 15 times.

Proposta do Esporte Interativo

A ideia do EI é de revolucionar o modelo de partilha das cotas de televisão no país. Atualmente, Corinthians e Flamengo ficam com a maior fatia do montante pago pela TV Globo aos clubes. Modelo que o canal do grupo americano Turner pretende abolir.

Hoje, o valor pago pela atual detentora dos direitos do campeonato para a transmissão em TV fechada corresponde a 3% do total desembolsado com as cotas anuais.

O Esporte Interativo propôs uma partilha aos moldes do que é feito atualmente na Premier League – o Campeonato Inglês. O canal pretende dividir o valor total da seguinte forma: 50% de maneira igualitária, 25% de acordo com desempenho técnico e outros 25% a partir da audiência. Esse foi um pedido das equipes, que bateram o martelo também no total a ser dividido: cerca de R$ 600 milhões.

Também foi deliberada na reunião a questão do horário das partidas. O Esporte Interativo se comprometeu em abolir os jogos às 22h no meio de semana, faixa que desagrada os clubes e afasta o torcedor do estádio.

A Rede Globo, com a investida do EI, anunciou que vai aumentar o valor pago aos clubes pelos direitos de transmissão na TV fechada. A proposta, contudo, ainda é inferior a feita pela Turner.

Alguns dos principais times do futebol nacional, como São Paulo, Corinthians e Grêmio, optaram por permanecer com a Globo mesmo tendo na mesa a proposta do EI. Os clubes temem uma retaliação da empresa dos Marinho caso escolham pelo novo canal.
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »