CBF diz ao Cade que negocia direitos da Copa do Brasil somente com a Globo

Torneio também interessou ao Esporte Interativo, mas não houve avanço nas tratativas

15:42
Reprodução
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) comunicou ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) que tem negociação para cessão dos direitos de transmissão da Copa do Brasil em andamento apenas com o Grupo Globo, no período de 2018 a 2022.

Segundo informações do jornalista Marcel Rizzo, o conselho enviou perguntas aos principais clubes do Brasil, às maiores federações estaduais e à CBF, questionando os critérios de negociação, quais empresas detém hoje os direitos dos principais torneios e quais as tratativas em andamento.

Em resposta enviada no dia 26 de outubro, o departamento jurídico da CBF informou que o único torneio que negocia renovação atualmente é a Copa do Brasil, que tem acordo vencendo com a Globo em 2017.

Para o período de 2018 a 2022, as negociações ocorrem, segundo a CBF, com “Globo Comunicação e Participações S.A. (para TV aberta), com a Globosat Programadora Ltda (para TV fechada) e Horizonte Conteúdos Ltda (para o pay-per-view), únicos que apresentaram propostas oficiais.

A informação que circulou nas últimas semanas é que o acordo está fechado, faltando acertos burocráticos para a assinatura. A Copa do Brasil também interessou ao Esporte Interativo, mas não houve avanço nas tratativas.

A CBF informou também que, em 2015, fechou com o Grupo Globo os direitos de transmissão para todas as mídias da Série B do Brasileiro de 2018 a 2022 – os valores não foram divulgados. A CBF escreveu que a única proposta que recebeu para esta competição foi do Grupo Globo, mas também houve interesse do Esporte Interativo.

A entidade ainda esclareceu que para a Série A a negociação é feita diretamente entre os clubes e as emissoras interessadas, e que para as Séries C e D, Copa do Nordeste e Copa Verde tem acordos com a Turner, que detém o canal Esporte Interativo.

No início de 2015, o Esporte Interativo acertou contrato com 15 clubes pelos direitos de transmissão da Série A a partir de 2019, entre eles Santos e Internacional.

Os questionamentos do Cade à CBF faz parte de uma investigação sobre um possível monopólio na venda dos direitos de transmissão de campeonatos de futebol.
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »