Bahia diz que abre mão de cota do Baianão por menos jogos, mas Globo recusa proposta

Proposta foi feita em reunião recente para discutir a edição de 2017 do Estadual

12/30/2016 05:59:00 PM
Reprodução
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Para que possa disputar menos jogos no Campeonato Baiano, o Bahia disse à Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão do Estadual, que abriria mão de sua cota de TV. A proposta foi feita em reunião recente para discutir a edição de 2017, de acordo com o site da ESPN.

A diretoria tricolor sugeriu que o dinheiro fosse dividido entre os clubes com orçamentos menores e sua equipe entrasse, assim, apenas na fase final. Em sua avaliação, isso valorizaria a competição, com eventuamente os melhores do interior avançando e também mais clássicos Ba-Vi na reta decisiva.

Atualmente o Baianão tem 15 datas. Em sua fórmula, os 11 participantes se enfrentam entre si em turno único. A cada rodada, um time folga. Os quatro primeiros colocados se classificam para a semifinal. As semifinais e finais são em jogos de ida e volta.

Em 2016, o Bahia faturou R$ 893,401 mil em cotas de TV no Estadual. Por outro lado, a arrecadação total na Copa do Nordeste superou R$ 1 milhão, com R$ 382,5 mil em direitos televisivos e R$ 792 mil em premiação. Os números estão todos no demonstrativo de fluxo financeiro do clube.

No ano que vem, o tricolor já terá assegurado R$ 600 mil somente pela primeira fase do Nordestão. Se chegar até a final e ficar com o título, embolsará ao todo R$ 2,85 milhões.

A proposta do Bahia foi recusada pela Globo e, portanto, ainda não será possível reduzir o número de suas partidas no Campeonato Baiano em 2017.
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »