Header Ads

Bahia diz que abre mão de cota do Baianão por menos jogos, mas Globo recusa proposta

Proposta foi feita em reunião recente para discutir a edição de 2017 do Estadual

Reprodução
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Para que possa disputar menos jogos no Campeonato Baiano, o Bahia disse à Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão do Estadual, que abriria mão de sua cota de TV. A proposta foi feita em reunião recente para discutir a edição de 2017, de acordo com o site da ESPN.

A diretoria tricolor sugeriu que o dinheiro fosse dividido entre os clubes com orçamentos menores e sua equipe entrasse, assim, apenas na fase final. Em sua avaliação, isso valorizaria a competição, com eventuamente os melhores do interior avançando e também mais clássicos Ba-Vi na reta decisiva.

Atualmente o Baianão tem 15 datas. Em sua fórmula, os 11 participantes se enfrentam entre si em turno único. A cada rodada, um time folga. Os quatro primeiros colocados se classificam para a semifinal. As semifinais e finais são em jogos de ida e volta.

Em 2016, o Bahia faturou R$ 893,401 mil em cotas de TV no Estadual. Por outro lado, a arrecadação total na Copa do Nordeste superou R$ 1 milhão, com R$ 382,5 mil em direitos televisivos e R$ 792 mil em premiação. Os números estão todos no demonstrativo de fluxo financeiro do clube.

No ano que vem, o tricolor já terá assegurado R$ 600 mil somente pela primeira fase do Nordestão. Se chegar até a final e ficar com o título, embolsará ao todo R$ 2,85 milhões.

A proposta do Bahia foi recusada pela Globo e, portanto, ainda não será possível reduzir o número de suas partidas no Campeonato Baiano em 2017.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte) e Twitter (twitter.com/midiaesporte).

Quer anunciar no Portal Mídia Esporte? Entre em contato com a nossa equipe no email midiaesporte@gmail.com e solicite uma proposta.
Tecnologia do Blogger.