Header Ads

Globo ainda não tem acordo fechado pelo Campeonato Paranaense

Contestação dos clubes grandes do estado é que a TV não pode pagar menos do que paga por outros Estaduais

Reprodução
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Se chegou ao fim o impasse entre Globo e a dupla Gre-Nal em relação à negociação dos direitos de transmissão do Campeonato Gaúcho, não se pode dizer o mesmo em relação ao Campeonato Paranaense.

Segundo informações do blog De Prima, do portal Lancenet, a emissora carioca ainda não tem acordo fechado pela transmissão do Estadual do Paraná em 2017. A contestação dos clubes grandes do estado - entre eles, Atlético e Coritiba - é que a TV não pode pagar menos do que paga por outros Estaduais, como o Catarinense, por exemplo.

A negociação está em curso, mesmo durante o recesso da Federação Paranaense de Futebol (FPF), segundo o presidente Hélio Cury. “A diferença é mínima. Creio que vão achar um denominador comum”, disse.

Em tempo

A Globo deve fechar um novo contrato de TV do Campeonato Mineiro em breve. As conversas com a Federação Mineira de Futebol (FMF) avançaram e faltam apenas alguns detalhes para que o acordo seja finalmente selado.

Segundo o blog de Vinicius Dias, do portal Uai, a primeira proposta apresentada pela emissora girava em torno dos R$ 34 milhões. A intenção dos clubes, representados pela FMF, é de que a cessão seja fechada por 40 milhões anuais - o acordo anterior tinha base de R$ 23 milhões.

Atlético e Cruzeiro faturariam R$ 24 milhões. O América passaria a receber R$ 3 milhões por temporada. E cada clube do interior embolsaria cerca de R$ 1 milhão. Além disso, os clubes pleiteiam um contrato de quatro ou cinco temporadas, com reajuste automático a cada edição.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte) e Twitter (twitter.com/midiaesporte).

Quer anunciar no Portal Mídia Esporte? Entre em contato com a nossa equipe no email midiaesporte@gmail.com e solicite uma proposta.
Tecnologia do Blogger.