Header Ads

José Trajano detona ESPN Brasil e diz que foi vítima de traição

Jornalista foi demitido pelo canal em setembro do ano passado

Reprodução/ESPN
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Três meses após sua demissão da ESPN Brasil, o jornalista José Trajano fez um desabafo em um vídeo divulgado na internet no último domingo (1º).

Enquanto falava sobre o projeto do 'Ultrajano', seu canal de vídeos no YouTube, o comentarista diz que foi vítima de traição da emissora, que ele ajudou a fundar em 1995. Trajano foi demitido pela ESPN em setembro do ano passado.

"Férias merecidas de um ano muito intenso, muito ruim, desagradável para todos nós. Depois de um pé na bunda traiçoeiro da ESPN, comecei uma nova vida aqui no canal Ultrajano. Por isso queria agradecer a todos vocês que têm comparecido à nossa página no Facebook, no YouTube e no Twitter, canal Ultrajano", disse.

Em seu canal no YouTube, Trajano vai apresentar programas ao vivo a partir de fevereiro. "Vou fazer comentários após as rodadas do Campeonato Brasileiro aos domingos e quartas-feiras, vamos ter correspondente fora do Brasil, vamos ter colunistas, vai ter o diabo a quatro, mas sem a presença de vocês nada vai acontecer".



Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte) e Twitter (twitter.com/midiaesporte).
Tecnologia do Blogger.