Diretor do Esporte Interativo fala sobre acerto com Palmeiras e concorrência com a Globo

"Eu não posso chamar de Arena Palmeiras um estádio que se chama Allianz Parque", disse o executivo Bernardo Ramalho

2/01/2017 07:23:00 PM
Reprodução
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Conforme já noticiou o Portal Mídia Esporte, o Esporte Interativo já assinou contrato com 16 clubes para a transmissão do Campeonato Brasileiro na TV fechada de 2019 a 2024. O último time a fechar com a emissora foi o Palmeiras, e o acerto foi de grande importância para o canal.

Em entrevista para o jornal 'Lance!', o diretor de direitos do EI, Bernardo Ramalho, fala sobre o acordo que prevê que o estádio do atual campeão brasileiro, o Palmeiras seja chamado de Allianz Parque durante as transmissões: "Eu não posso chamar de Arena Palmeiras um estádio que se chama Allianz Parque. E isso está no contrato entre outros pontos".

O executivo ainda revelou outros detalhes importantes do contrato com o alviverde: "Nós também nos comprometemos a ceder os jogos para utilização dos clubes após o encerramento dos mesmos, assim como os grandes clubes da Europa têm e, com isso, conseguem gerar valor para os seus canais de clubes. Nós também nos comprometemos a incentivar os programas de sócio-torcedor dos clubes com mídia no digital e na TV para garantir que vamos ajudar os clubes nessa linha tão importante de geração de receita".

Ramalho também falou sobre a concorrência com a Globo pelos direitos de transmissão no futebol brasileiro. Ele ressalta alguns empecilhos que impedem que o Esporte Inetrativo consiga obter os direitos de outras competições, como os Estaduais do Sul e Sudeste: "A maioria desses contratos ainda carregam cláusulas de preferência. E isso impede a entrada de outros competidores. Assim como ocorre também com a Copa do Brasil".

Já sobre a polêmica em relação ao pagamento de luvas na parceria com os clubes, o diretor do Esporte Interativo diz que essa prática é praxe no mercado e que não é uma antecipação de algum valor que seria pago ao longo do contrato: "Nossa visão, é que só não pode ser usada para reduzir o pagamento de valores futuros e com isso garantir a assinatura dos contratos. Os donos de direitos precisam fazer a conta para saber o valor real pelo qual estão vendendo seus direitos mais valiosos".

Além do Palmeiras, o Esporte Interativo também fechou com Santos, Internacional, Atlético-PR, Coritiba, Bahia, Figueirense, Ponte Preta, Santa Cruz, Ceará, Sampaio Corrêa, Criciúma, Joinville, Paysandu, Paraná e Fortaleza.
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »