Header Ads

FPF diz que impediu realização do Atletiba por falta de credenciamento de jornalistas

Federação se opôs à transmissão do jogo de forma independente e exclusivamente online pelos canais dos clubes no YouTube

Foto: Giuliano Gomes /PR Press
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A Federação Paranaense de Futebol (FPF) impediu a realização do clássico entre Atlético-PR e Coritiba, neste domingo (19), válido pela quinta rodada do Campeonato Paranaense.

Alegando problemas de credenciamento, a entidade se opôs à transmissão do jogo de forma independente e exclusivamente online pelos canais dos clubes no YouTube. Os clubes se negaram a jogar sem a transmissão e a partida não aconteceu.

Em entrevista ao portal UOL, o presidente da federação paranaense, Hélio Cury, disse que não haveria jogo enquanto os profissionais não saíssem de dentro de campo. Segundo ele, o credenciamento dos profissionais deveria ter sido feito 48 horas antes da partida, o que não teria acontecido.

"Enquanto os profissionais não credenciados estiverem dentro do campo não vai haver jogo", disse ele. "Deveria ser feito um credenciamento 48 horas antes da partida. O nosso posicionamento está bem claro: está proibido".

Os clubes disseram ter sugerido que os profissionais que transmitem o jogo de dentro do campo poderiam ir para as arquibancadas. Questionado sobre isso, Cury disse que não poderia fazer nada para impedir o jogo nesse caso.

"A federação só cuida do que acontece dentro do campo, fora nós não temos nada a ver com isso. Se eles tirarem tudo do campo e colocarem na arquibancada não podemos fazer nada.

Diante do impasse, Cury afirmou que uma entrevista coletiva de imprensa deve ser marcada para segunda-feira (20) para tratar do tema. "Vamos analisar com o nosso jurídico quais serão as consequências jurídicas disso".

VEJA TAMBÉM:
Federação impede transmissão do Atletiba na web e clássico é cancelado

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte) e Twitter (twitter.com/midiaesporte).
Tecnologia do Blogger.