Header Ads

Globo pressiona CBF e reduz espaço da Seleção em seus noticiários

Ordem na emissora carioca é reduzir o tempo de exposição do time de Tite em seus principais noticiários enquanto a CBF não ceder

Montagem / Portal Mídia Esporte

Por conta do impasse nas negociações pelos direitos de transmissão dos jogos da Seleção Brasileiro no próximo ciclo de Copa do Mundo (2018 a 2022), houve um impacto no espaço destinado ao time de Tite no noticiário da Rede Globo.

De acordo com o portal UOL, a ordem na emissora carioca é reduzir o tempo de exposição do time de Tite em seus principais noticiários enquanto a CBF não ceder e buscar um acordo pelos 37 jogos - entre amistosos e Eliminatórias.

A determinação da Globo se iniciou nos dois amistosos na Austrália - que não tiveram transmissão da emissora - e seguiu nos quatro jogos finais das Eliminatórias, contra Equador, Colômbia, Bolívia e Chile.

A CBF informou em nota recente que não recebeu propostas dentro dos moldes estabelecidos no leilão pelos direitos, que pedia um valor mínimo de US$ 3,5 milhões (R$ 11 milhões) por cada jogo. A Globo entende não ser razoável pagar mais de US$ 2 milhões.

Enquanto seguem as conversas, a Globo, por uma decisão logística, entendeu ser necessário ir com apenas o repórter Mauro Naves para o jogo da próxima quinta, contra a Bolívia, em La Paz. A equipe mínima é um fato inédito nos últimos anos. O SporTV, por sua vez, nem sequer terá narradores e comentaristas.

A tensão é grande em ambos os lados. Por ora, a maior emissora do país não tem uma resposta positiva sobre a transmissão dos quatro amistosos que restarão até a Copa da Rússia, sendo dois em novembro próximo e dois em março.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte) e Twitter (twitter.com/midiaesporte).

Quer anunciar no Portal Mídia Esporte? Entre em contato com a nossa equipe no email midiaesporte@gmail.com e solicite uma proposta.
Tecnologia do Blogger.