Header Ads

CBF ganha muito menos que o esperado da TV por jogos da seleção

Confederação vai receber da Globo US$$ 2,5 milhões por jogo, US$ 1,5 milhão a menos que o valor mínimo do leilão realizado em agosto

Reprodução

A Rede Globo vai pagar à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) cerca de US$ 2,5 milhões (R$ 8,2 milhões) por partida pelos direitos de transmissão dos jogos da seleção brasileira até 2022, de acordo com informações do jornal 'Folha de S. Paulo'.

A confederação vai receber um valor 25% maior em relação ao contrato anterior, encerrado em 2016. Até o ano passado, a Globo pagava cerca de US$ 2 milhões (R$ 6,5 milhões). Porém, o montante é bem menor do que o valor mínimo do leilão realizado em setembro.

Na licitação, a entidade estabeleceu o preço mínimo de cerca de US$ 3,5 milhões (R$ 11,5 milhões) por jogo - US$ 1 milhão (R$ 3,27 milhões) a mais do que o valor acertado com a Globo. A confederação, no entanto, não teve sucesso, pois nenhuma emissora apresentou proposta oficial acima do valor mínimo estabelecido.

Naquele leilão, a Globo comprou apenas os direitos não exclusivos para transmitir jogos em plataformas digitais por cerca de US$ 675 mil (R$ 2,2 milhões), 35% acima do lance mínimo exigido pela CBF, que era de US$ 500 mil (R$ 1,6 milhões). Durante a negociação dos direitos para TVs aberta e fechada, a emissora carioca conseguiu incorporar esse montante ao valor total da operação.

Com o fracasso do leilão e o acordo fechado diretamente com a Globo, a CBF deixa de faturar US$ 1,5 milhão (R$ 4,9 milhões) por jogo em relação ao valor inicial da licitação.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte) e Twitter (twitter.com/midiaesporte).

Quer anunciar no Portal Mídia Esporte? Entre em contato com a nossa equipe no email midiaesporte@gmail.com e solicite uma proposta.
Tecnologia do Blogger.