Header Ads

Emissoras têm problemas para organizar planos de transmissão da Copa-2018

Fatores que complicam o trabalho das TVs são as grandes distâncias entre as cidades e os vários fusos horários na Rússia

Foto: Getty Images

Os coordenadores das várias emissoras de TV habilitadas para a transmissão da Copa do Mundo de 2018, desde já, estão enfrentando dificuldades para organizar os planos de transmissão. A informação é da coluna de Flávio Ricco.

Segundo a publicação, os fatos de a Rússia, país-sede do Mundial, ter 11 fusos horários diferentes e as distâncias entre as cidades que realizarão os jogos serem muito grandes são alguns dos fatores que complicam consideravelmente esse trabalho.

Em todas essas TVs, percebe-se que existe o desejo e haverá o esforço de se fazer o maior número de jogos nos estádios. Porém, será impossível cobrir todos eles in loco. O quebra-cabeça, em se tratando da primeira fase, é escolher quais jogos serão priorizados.

No Brasil, a Copa de 2018 será transmitida pela Globo, SporTV e Fox Sports. A Band tem um acordo encaminhando com a Globo pelo sublicenciamento do Mundial, mas não houve uma formalização até agora.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte), Twitter (twitter.com/midiaesporte) e Instagram (instagram.com/midiaesporte).

Quer anunciar no Portal Mídia Esporte? Entre em contato com a nossa equipe no email midiaesporte@gmail.com e solicite uma proposta.



PUBLICIDADE



Tecnologia do Blogger.