Header Ads

Emissoras terão 30 dias para apresentarem propostas por direitos da Libertadores

Prazo será iniciado após a abertura do leilão

Reprodução

A reunião da Conmebol, em Punta del Leste, na qual foi anunciado que a Libertadores passará a ter final única, em campo neutro, a partir de 2019, também serviu para ''destravar'' o leilão dos direitos de TV da competição. Emissoras do Brasil receberam sinalização de que agora o leilão será lançado o mais rapidamente possível, com um limite de 30 dias para as TVs apresentarem as suas propostas.

Apesar de o grupo formado pela IMG, dona do UFC, e Perform ser o responsável pela comercialização dos direitos de TV, os muitos detalhes do leilão também têm que passar pelo crivo do departamento jurídico da entidade que controla o futebol na América do Sul.

O grupo detentor dos direitos havia indicado que o leilão aconteceria em fevereiro. Executivos das TVs brasileiras crêem que, salvo algum imprevisto legal entre agências e Conmebol, a disputa pelos direitos da competição a partir da próxima edição será aberta logo.

O leilão da Conmebol tem afetado diretamente o da Champions, que já indicou que lançaria o seu apenas depois de concluído o da competição continental para evitar a competição. Porém o relógio trabalha contra uma postergação do leilão do torneio da Uefa, já que os direitos da edição que tem início no meio deste ano ainda não tem uma emissora definida.

Com informações do blog de Eduardo Ohata, do 'UOL'.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte), Twitter (twitter.com/midiaesporte) e Instagram (instagram.com/midiaesporte).

Quer anunciar no Portal Mídia Esporte? Entre em contato com a nossa equipe no email midiaesporte@gmail.com e solicite uma proposta.




Tecnologia do Blogger.