Header Ads

Radialistas queixam-se de dificuldades para trabalhar nos jogos da Libertadores

Profissionais reclamam das dificuldades no credenciamento e da frequente perda de espaço nos estádios para as rádios estrangeiras

Reprodução

Alguns profissionais que trabalham em emissoras de rádio, principalmente nas de médio e pequeno porte, estão reclamando das condições de trabalho que estão enfrentando para transmitir os jogos da Libertadores da América nos estádios de São Paulo.

De acordo com informações da coluna de Flávio Ricco, os radialistas estão se queixando das dificuldades no credenciamento e da frequente perda de espaço nos estádios para as rádios estrangeiras.

Erick Castelhero, presidente da Aceesp (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo), explicou que o credenciamento e a distribuição de espaços nos estádios obedecem critérios pré-estabelecidos, entre os principais, frequência nos jogos e cobertura dos clubes.

Castelheiro ainda ressalta que as rádios da capital paulista sempre têm e terão prioridade e, em caso de jogos internacionais, como foi o caso de Palmeiras x Boca Juniors, por exemplo, existe a necessidade de compartilhar os lugares destinados à imprensa com os veículos argentinos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte), Twitter (twitter.com/midiaesporte) e Instagram (instagram.com/midiaesporte).

Quer anunciar no Portal Mídia Esporte? Entre em contato com a nossa equipe no email midiaesporte@gmail.com e solicite uma proposta.




Tecnologia do Blogger.