Após saída do Brasileirão, Band garante que não vai demitir funcionários do esporte

Sem cotas de publicidade suficientes para cobrir os custos, a emissora preferiu abrir mão do campeonato

14:06

Depois de anunciar nesta terça-feira (3) que não exibirá mais o Campeonato Brasileiro junto com a Globo, executivos da Band prometem que não pretendem fazer cortes na equipe esportiva, segundo informações da jornalista Lígia Mesquita, da Folha de S. Paulo.

Mesmo sem exibir mais o Brasileirão, a emissora afirma que vai manter os seus narradores, comentaristas e demais profissionais do esporte.

Assim como outras emissoras, a Band tem perdido faturamento. Até abril, a queda foi de 15%. Sem cotas de publicidade suficientes para cobrir os custos do Brasileirão, a emissora preferiu abrir mão do campeonato. Aos anunciantes que já haviam fechado com o canal está sendo oferecida a migração para outros programas, como o “X-Factor”.

Na parceria do Campeonato Brasileiro, a Globo arcava com cerca de 90%, e a Band, com o restante pelos direitos de transmissão. Por causa dos altos valores, a emissora do Morumbi já tinha desistido da Copa do Brasil.

No alto escalão da Band, o comentário era que só um grupo gigante como a Time Warner, dono da Turner, dos canais Esporte Interativo, poderá continuar arcando com os valores “abusivos” do futebol, com a crise econômica no Brasil.

A Band ainda tem alguns dias para decidir o que colocará na grade nas noites de quarta no lugar dos jogos do Brasileirão. Em maio, já estava programada a exibição de filmes nesse horário, por causa da Copa do Brasil.
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »