Header Ads

Após saída do Brasileirão, Band garante que não vai demitir funcionários do esporte

Sem cotas de publicidade suficientes para cobrir os custos, a emissora preferiu abrir mão do campeonato


Depois de anunciar nesta terça-feira (3) que não exibirá mais o Campeonato Brasileiro junto com a Globo, executivos da Band prometem que não pretendem fazer cortes na equipe esportiva, segundo informações da jornalista Lígia Mesquita, da Folha de S. Paulo.

Mesmo sem exibir mais o Brasileirão, a emissora afirma que vai manter os seus narradores, comentaristas e demais profissionais do esporte.

Assim como outras emissoras, a Band tem perdido faturamento. Até abril, a queda foi de 15%. Sem cotas de publicidade suficientes para cobrir os custos do Brasileirão, a emissora preferiu abrir mão do campeonato. Aos anunciantes que já haviam fechado com o canal está sendo oferecida a migração para outros programas, como o “X-Factor”.

Na parceria do Campeonato Brasileiro, a Globo arcava com cerca de 90%, e a Band, com o restante pelos direitos de transmissão. Por causa dos altos valores, a emissora do Morumbi já tinha desistido da Copa do Brasil.

No alto escalão da Band, o comentário era que só um grupo gigante como a Time Warner, dono da Turner, dos canais Esporte Interativo, poderá continuar arcando com os valores “abusivos” do futebol, com a crise econômica no Brasil.

A Band ainda tem alguns dias para decidir o que colocará na grade nas noites de quarta no lugar dos jogos do Brasileirão. Em maio, já estava programada a exibição de filmes nesse horário, por causa da Copa do Brasil.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte) e Twitter (twitter.com/midiaesporte).

Quer anunciar no Portal Mídia Esporte? Entre em contato com a nossa equipe no email midiaesporte@gmail.com e solicite uma proposta.
Tecnologia do Blogger.