Turner comemora audiência da Champions League no Esporte Interativo

Transmissão da final do torneio no EI Maxx rendeu mais Ibope que todos os canais esportivos somados

17:13
Foto: Montagem/Portal Mídia Esporte

O Esporte Interativo fechou com chave de ouro as transmissões da temporada 2015/2016 da UEFA Champions League. Conforme informado pelo Portal Mídia Esporte, a transmissão da final entre Real Madrid e Atlético de Madrid, exibida pelo EI Maxx, em rede com a TNT, rendeu a liderança de audiência entre todos os canais da TV paga.

Os índices da transmissão da partida que deu o 11º título europeu ao Real Madrid somente no EI Maxx são ainda mais impressionantes. Segundo dados do Ibope, o canal teve mais audiência que todos os canais esportivos somados durante o horário do jogo (das 15h50 às 18h35), entre os públicos de todas as idades e de ambos os sexos

Ao longo de toda a temporada, as transmissões da Champions League renderam ao Esporte Interativo a liderança em audiência entre os canais esportivos do Brasil em todas as rodadas. Além disso, o canal ficou em primeiro lugar em toda a TV Paga do Brasil em algumas partidas.

Os excelentes resultados de audiência da competição foram comemorados pelo grupo Turner, braço televisivo da Time Warner, que comprou o Esporte Interativo em janeiro de 2015 e surpreendeu o mercado ao adquirir os direitos da Champions por US$ 130 milhões, desbancando a concorrência de SporTV e ESPN.

“Estamos muito orgulhosos de termos feito a maior cobertura de uma competição europeia no Brasil. A final honrou todo o trabalho que foi feito ao longo de toda a temporada e a dedicação de tantos profissionais que trabalharam direta e indiretamente para levar o melhor futebol do mundo, de uma maneira especial, íntima e emocionante a todos os apaixonados por esportes”, disse Leonardo Lenz Cesar, vice-presidente de esportes da Turner.
Estúdio panorâmico do EI no San Siro
(Divulgação/Esporte Interativo)

No dia da final da Champions, o EI Maxx fez mais de 12 horas de cobertura, com um estúdio panorâmico no estádio San Siro. Apenas oito emissoras de TV do mundo contaram com um “glass studio”, concedido apenas à alguns “host broadcasters”, sendo o EI a única TV das Américas a ter esse privilégio.

O Esporte Interativo enviou 30 profissionais à Itália e fez mais de 50 horas de programação, com entradas ao vivo, reportagens especiais, acompanhamento da preparação e os bastidores dos clubes. A emissora foi a única do Brasil que fez a transmissão da final da competição in loco, com o narrador André Henning, os comentaristas Vitor Sergio Rodrigues, Zico e Sávio, e a apresentadora Taynah Espinoza, além dos correspondentes Marcelo Bechler e Tatiana Mantovani.

Com o objetivo de mostrar a Champions com uma cobertura nunca vista antes no país, o Esporte Interativo investiu em correspondentes nas principais cidades da Europa e em programas diários que mostram o cotidiano dos clubes europeus. Nos dias de jogos, a programação começava às 10h da manhã e só terminava muito depois que os jogos encerravam.

O canal esportivo da Turner transmitiu todos os 145 jogos da Champions League e dedicou mais de 120 horas de programação inédita por mês à principal competição de clubes da Europa.
Trio de transmissão do EI no San Siro (Twitter/Vitor Sergio Rodrigues)

Champions no EI também bomba nas mídias sociais

Além da liderança de audiência na TV paga, o Esporte Interativo ficou em primeiro lugar também em interações, entre todos os grupos de mídia do mundo.

Foram 5 milhões de interações, um aumento de 51% com relação à final do ano passado. O número, se comparado a todas as páginas do Facebook, fica em terceiro lugar, atrás somente do campeão Real Madrid e da página oficial da Champions League. Cristiano Ronaldo, autor do último pênalti, que garantiu o título ao Real, ficou em quarto.

O feito é ainda mais extraordinário, porque a página do Esporte Interativo teve resultado 87 vezes maior do que a da ESPN Brasil, que exibiu a partida para o Brasil, na temporada anterior. No Twitter, os números também impressionam. Quatro milhões de pessoas foram impactadas pelos tweets do Esporte Interativo. O resultado é três vezes maior do que a soma de todos os canais concorrentes.

A final da competição contou com repercussão e conteúdo produzido em todas as mídias. Vídeos foram feitos para Youtube, Facebook, Instagran, Snapchat e Twitter. Ao todo, foram 4,5 milhões de vídeoviews.
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »