Sucursal da ESPN Brasil no Rio demite funcionários e mudará de local

A ESPN Brasil deixará o seu prédio em Botafogo e irá para uma sala comercial no mesmo bairro

18:10

A ESPN Brasil deixará o seu prédio em Botafogo e irá para uma sala comercial no mesmo bairro

Rubens Pozzi é um dos desligados da ESPN Brasil

Conforme noticiado nos últimos dias, a ESPN passa por uma reestruturação global que tem tido reflexos diretos aqui no Brasil.

Segundo informações, a emissora esportiva da Disney praticamente extinguiu sua sucursal no Rio de Janeiro. Além de Rubens Pozzi, repórter e chefe de reportagem da ESPN na capital fluminense, também foram demitidos Thales Machado (produtor e repórter) e Paulo Ferreira (produtor).

Ainda três repórteres do site da emissora no Rio de Janeiro também foram dispensados: Tiago Leme, Pedro Torre e Caio Blois - Caio, recentemente, se envolveu em uma polêmica por conta de comentários de cunho racista em seu Twitter, se desculpando portanto depois -. A partir de agora, as matérias dos clubes cariocas para o site serão feitas na redação de São Paulo.

Além disso, um contrato de uma estagiária não foi renovado e a seleção que escolheria uma nova para a sucursal no Rio de Janeiro foi cancelada. Também foram demitidos dois editores de vídeo - a cidade fica sem nenhum a partir de agora - e um assistente.

A pauta, a partir de agora, será feita a partir de São Paulo. Ficaram apenas no Rio de Janeiro uma coordenadora de produção - Regiane Wonrath -, dois repórteres para cobrir o dia a dia dos clubes e para transmissões - Cícero Mello e Débora Gares (fotos/abaixo) - e duas equipes com cinegrafista e assistente.

Por fim, a ESPN Brasil deixará o seu prédio em Botafogo e irá para uma sala comercial no mesmo bairro, que só servirá para guardar equipamentos técnicos - a redação, com isso, deixa de existir.

Procurada para falar sobre o assunto, a ESPN confirma as informações e ressalta o que havia dito anteriormente em comunicado: "Dentro de um cenário cada vez mais competitivo e com compromisso de manter o desenvolvimento do negócio, a ESPN revisou suas operações globalmente para se preparar para o futuro. Como parte desse plano de esforços, a ESPN no Brasil terá de eliminar algumas posições de trabalho. A ESPN continua com o compromisso de ter a melhor entrega para o fã do esporte, parceiros e clientes e se concentrará no aprimoramento e desenvolvimento de novas tecnologias, produtos e serviços".

Fonte: NaTelinha
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »