Para colunista, BandSports está em "processo de destruição"

Para o crítico Flávio Ricco, a emissora "está perdendo toda razão de existir" devido à perda dos direitos de transmissão de várias competições

17:40

Para o crítico Flávio Ricco, a emissora "está perdendo toda razão de existir" devido à perda dos direitos de transmissão de várias competições



O colunista de TV do UOL, Flávio Ricco, publicou na manhã desta quarta-feira (27) uma análise sobre a atual situação do BandSports, canal esportivo do Grupo Bandeirantes.

Para o jornalista, a emissora "está perdendo toda razão de existir" devido à perda dos direitos de transmissão de várias competições. A mais recente delas foi a dos torneios femininos de tênis, adquiridos pelo canal Sony.

Leia abaixo o artigo de Flávio Ricco:

---------------------------------------------------------

Canal BandSports está perdendo toda razão de existir

Flávio Ricco
Colunista do UOL

De forma intencional, sabe-se lá com quais intenções, ou por simples descaso mesmo, o empobrecimento do canal BandSports de tão ostensivo, leva a todos questionar até mesmo a razão da sua existência.

Já de muito tempo considerado o "primo pobre" dos canais esportivos, parece que a intenção é asfixiá-lo aos poucos até acabar com o que ainda há de razoável para ser assistido. A saída do Paulo Saad da sua direção, com todas as razões nos leva a entender, foi o start para este processo de destruição.

Ao longo dos últimos anos, o BandSports perdeu os campeonatos de futebol da Alemanha, Portugal e Holanda, recentemente abriu mão do basquete da liga espanhola e o tênis da WTA, hoje uma das suas poucas atrações, já está com a sua transferência acertada o canal Sony em 2017. A programação atual se resume a um mínimo de produções próprias ou do canal aberto, todas com direito a exaustão em seus repetecos.

Algo que nos leva a questionar, inclusive, se haverá interesse em renovar o contrato de Roland Garros. Tudo indica que não.

Lado da Band - 1
Sobre a questão acima, Diego Guebel, do Artístico e Programação da Band, responsável pelo BandSports, argumenta que "o Campeonato Português e a Copa da Holanda já não integram a programação desde a temporada de 2012. Sobre o basquete, abrimos mão da Liga Espanhola no ano passado, porque o resultado estava muito abaixo das nossas expectativas. Para ser claros, nos abrimos mão porque o resultado foi péssimo".

Lado da Band - 2
Prossegue o recado do Guebel: "no caso da WTA, é importante deixar claro que em 2016, todos os torneios serão exibidos até dezembro pelo Bandsports. E a mudança, somente a partir de 2017, ocorre como resultado de uma estratégia internacional dos detentores dos direitos (venderam para toda a região".

Esclarece ainda que as emissoras da Bandeirantes têm a Olimpíada como prioridade para este ano.

---------------------------------------------------------

Você concorda com o colunista? Dê a sua opinião.

Da Redação/Portal Mídia Esporte
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »