Clubes querem da Globo mais dinheiro e menos privilégios a Flamengo e Corinthians

Para que os clubes não fechem com o Esporte Interativo, a Globo poderá oferecer um aumento das cotas de TV fechada e do número de jogos transmitidos

16:19

Para que os clubes não fechem com o Esporte Interativo, a Globo poderá oferecer um aumento das cotas de TV fechada e do número de jogos transmitidos



A briga entre Globo e Esporte Interativo pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro para TV fechada a partir de 2019 segue muito acirrada. Com a ameaça de perder o monopólio no futebol nacional, a emissora carioca terá que abrir os cofres para conseguir fechar com todos os clubes.

VEJA TAMBÉM

Esporte Interativo deve tirar monopólio da Globo no Brasileirão após duas décadas


De acordo com o jornalista Cosme Rímoli, do R7, os executivos da Globo estão em contatos permanentes com os dirigentes dos clubes que estão negociando com o canal da Turner. A promessa é que a emissora aumente as cotas de TV fechada e diminua a diferença de dinheiro para Corinthians e Flamengo, assim como o número de jogos transmitidos.

É provável que a nova proposta da Globo pelos direitos de TV fechada chegue perto dos R$ 600 milhões oferecidos pelo Esporte Interativo. A emissora reconhece que essa tendência será irreversível, já que o futebol está fazendo parte cada vez mais da TV fechada e perdendo espaço na TV aberta.

A Globo alega aos clubes "rebeldes" que todos terão prejuízo caso o acordo com o EI seja oficializado. Pelo fato da legislação brasileira não permitir que jogos entre clubes que assinarem com emissoras diferentes sejam transmitidos, esses times não teriam os seus jogos exibidos contra equipes mais populares como o Corinthians, que já assinou com a Globo. Com isso, esses clubes só apareceriam quando se enfrentarem, o que seria menos atraente para os patrocinadores.

Não há nenhuma ameaça explícita de represálias por parte da Globo, mas está bem claro que não terá grande interesse em mostrar na TV aberta os jogos dos clubes que se rebelarem contra a emissora.

Três clubes já revelaram que estão decididos a assinar com o EI: Santos, Coritiba e Atlético Paranaense. Grêmio, Santa Cruz e Bahia também estariam neste grupo, mas não se pronunciaram sobre o caso. Flamengo, Palmeiras e São Paulo também participaram das reuniões com a Turner, mas querem seguir com a Globo, assim como Goiás, Figueirense e Chapecoense.

A proposta teria ido aos Estados Unidos para análise da cúpula da Turner, e a assinatura dos contratos aconteceria após o Carnaval. Os dirigentes dos clubes "rebeldes", apesar de ainda não terem assinado nenhum papel, combinaram que seguirão até o fim suas decisões.

A Globo está ganhando do Esporte Interativo nessa disputa, e já renovou seu contrato com oito equipes: Corinthians, Vasco, Botafogo, Vitória, Sport, Cruzeiro, Atlético Mineiro e Fluminense.

Da Redação/Portal Mídia Esporte
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »