Dirigente do Atlético-PR detona Fluminense por abandonar negociação com Esporte Interativo

O presidente do conselho deliberativo do Atlético-PR, Mário Celso Pertraglia, lamentou a postura do tricolor carioca

18:46

O presidente do conselho deliberativo do Atlético-PR, Mário Celso Petraglia, lamentou a postura do tricolor carioca

Mário Celso Petraglia, presidente do conselho deliberativo do Atlético-PR

Como foi informado pelo Portal Mídia Esporte na semana passada, o Fluminense foi o oitavo clube a assinar os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro com a Rede Globo a partir de 2019. O tricolor estava em conversas com o Esporte Interativo pelos direitos de TV fechada de 2019 até 2024, mas acabou abandonando as negociações.

VEJA TAMBÉM

Globo estuda dividir lucro de patrocínios com clubes para manter direitos do Brasileirão 


A postura do Fluminense foi lamentada pelo presidente do conselho deliberativo do Atlético-PR, Mário Celso Petraglia. Em entrevista ao jornal "Gazeta do Povo", o dirigente falou sobre o assunto.

"Já estivemos firme para assinar [com o Esporte Interativo], mas o Fluminense retirou o advogado do ar. Ele estava na reunião, tirou a pastinha dele e saiu. Logo depois, ligou ao presidente [do Flu, Peter Siemsen] e falou que iria assinar com a Globo", disse Petraglia.

O dirigente não parou por aí. Ele detonou o tricolor carioca, dizendo que o clube foi historicamente beneficiado: "O Fluminense foi o clube que mais se beneficiou com a história de corrupção do futebol brasileiro. Caiu em 1996 e nos prejudicou naquela história do Ivens Mendes para voltar. Uma grande mentira. Todo mundo sabe. Depois caiu de novo. Em 2000, a CBF declinou do campeonato e criamos a Copa João Havelange, e o Fluminense voltou na canetada. E agora teve o caso da Portuguesa. Esperar o que dessa gente, que está habituada a ter as benesses do poder? Como se conciliar o interesse particular desses clubes para virem para o coletivo? Estamos em um momento importante, com a criação da Primeira Liga. Vamos ver se conseguimos a queda do monopólio [da Globo], o que eu acho difícil. Precisamos mudar o futebol brasileiro, voltar a ser o que foi", falou.

Ele ainda falou que o Atlético não terá nenhum ganho financeiro caso renove o contrato com a Globo. "Se olharmos o que a Globo está propondo hoje, não muda. Só que a Globo quer mais seis anos, além de 2019 e 2020. Então teríamos mais nove anos de monopólio. No monopólio você não tem a regra básica e fundamental da economia do mercado, que é a concorrência. Quem vai oferecer alguma coisa se você já vendeu nove anos?", disse.

A oferta anterior da Globo pelo Brasileirão não havia pagamento de luvas, mas Petraglia disse que a emissora carioca resolveu recuar depois da proposta oferecida pelo Esporte Interativo aos clubes. "As propostas recebidas antes da Turner davam um adiantamento para ser descontado dos contratos de 2016, 2017 e 2018. Aí veio a proposta da Turner, e ela voltou atrás. Agora ela dá luvas, não desconta e aumenta o valor", falou.

O dirigente atleticano disse na entrevista que, antes da Turner, vieram várias propostas de outras emissoras, mas que no final todos acabavam acertando com a Globo. "Chegava na hora, os clubes enrolam e assinam com a Globo".

Petraglia também revelou que é preciso que dez clubes fechem com o Esporte Interativo para que o Furacão possa assinar o contrato. Além do Atlético-PR, o canal da Turner acertou verbalmente com outros quatro clubes até o momento: Coritiba, Santos, Internacional e Bahia. Santa Cruz e Grêmio também teriam interesse.

Por outro lado, a Globo já assinou a renovação do contrato com oito equipes: Corinthians, Vasco, Fluminense, Botafogo, Vitória, Atlético-MG, Cruzeiro e Sport.

Da Redação/Portal Mídia Esporte
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »