Globo testa novo critério para divisão da renda de pay-per-view do Brasileirão

Assinante ajudará a definir qual clube receberá a maior fatia da venda de assinaturas do canal Premiere

13:07
Crédito: Rafael Ribeiro/CBF

Por conta da disputa com o Esporte Interativo pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro, a Globo colocou em teste um novo critério para a divisão para os clubes da renda do pay-per-view dos jogos do torneio.

VEJA TAMBÉM

Esporte Interativo muda comportamento e não procura mais clubes sobre direitos do Brasileiro

Inter adia votação sobre contrato de TV do Brasileirão a partir de 2021

Globo encerra negociações e transmitirá sozinha o Brasileirão até o fim do ano

Segundo informações do blog de Eduardo Ohata, o assinante ajudará a definir qual clube receberá a maior fatia da venda de assinaturas do canal Premiere. A ideia é criar um banco de dados de assinantes com a informação de para qual time cada um deles torce.

A divisão das cotas de pay-per-view será proporcional à representatividade de cada clube. Ou seja, quem tiver mais torcedores entre os assinantes do Premiere, receberá mais dinheiro, e assim sucessivamente.

O levantamento usará como ferramenta de autenticação o cadastro do Premiere Play, aplicativo do canal para plataformas móveis. O Premiere está comunicando, durante as transmissões dos jogos ao vivo, por meio de chamadas dos narradores e inserts animados, como o assinante poderá indicar o clube para o qual torce.

O objetivo inicial é que o levantamento possa identificar o time de 80% da base de assinantes, e dividir essa informação com os presidentes dos clubes durante a reunião anual para aprovação dessa metodologia.

Em um primeiro momento, esses resultados serão utilizados de forma meramente ilustrativa, não interferindo na divisão da receita entre os clubes em 2016. Caso haja consenso entre os clubes, será iniciada negociação para que esses dados sejam usados no cálculo da divisão do repasse, possivelmente a partir de 2018.

Atualmente, a divisão do repasse da receita do pay-per-view aos clubes é feita com base em duas pesquisas, realizadas anualmente pelo Ibope e Datafolha, com base em amostragens.

Essa metodologia já causou muitos questionamentos da parte de dirigentes, que aproveitaram a disputa entre Esporte Interativo e Globo para apresentar um pacote de reivindicações, entre elas uma forma mais precisa para medir a audiência e a divisão de receitas do pay-per-view do torneio.
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »