Esporte Interativo muda comportamento e não procura mais clubes sobre direitos do Brasileiro

Mudança da emissora chamou atenção nos bastidores

12:03
Crédito: Reprodução

No primeiro semestre deste ano, o Esporte Interativo bateu de frente com a Globo nas negociações com os clubes pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro. Porém, o comportamento da emissora mudou, fato que chamou atenção nos bastidores.

VEJA TAMBÉM:

Palmeiras: Negociações com Globo e Esporte Interativo voltam à estaca zero

Inter adia votação sobre contrato de TV do Brasileirão a partir de 2021

Segundo informações da coluna de Flávio Ricco, toda aquela fúria de um passado recente, tentando fechar exclusividade com os clubes para a transmissão dos seus jogos na TV fechada a partir de 2019, parece que parou naquilo.

Nos últimos meses, nenhum outro clube foi procurado pelo canal esportivo da Turner.

O Esporte Interativo assinou contrato com Santos, Internacional, Atlético-PR, Bahia, Ceará, Coritiba, Criciúma, Fortaleza, Joinville, Paraná, Paysandu, Ponte Preta e Sampaio Corrêa.

Já a Globo fechou com São Paulo, Flamengo, Fluminense, América-MG, Grêmio, Chapecoense, Avaí, Náutico, Goiás, Londrina, Corinthians, Vasco, Botafogo, Atlético-MG, Cruzeiro, Sport e Vitória.

O EI também diz ter fechado com Santa Cruz e Figueirense, mas os dois clubes alegam que assinaram com a Globo e os casos devem parar na Justiça.

O único clube da Série A que ainda não assinou com nenhuma emissora foi o Palmeiras.
Ouça a Rádio Estação Play em seu Computador, Tablet ou Celular pelos aplicativos RadiosNet e TuneIn.
Curta a página oficial Portal Mídia Esporte no Facebook e @midiaesporte no Twitter.

Compartilhe

Editor e administrador do Portal Mídia Esporte.
Contato: midiaesporte@gmail.com

Leia mais

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »