Header Ads

Com novo acordo entre Globo e CBF, Série B pode ficar fora da TV aberta

Até agora nenhuma emissora ou agência fez à Globo uma proposta oficial para sublicenciamento dos direitos da competição

Reprodução

As partidas da Série B do Campeonato Brasileiro podem ficar sem transmissão pela TV aberta em 2018. Até agora nenhuma emissora ou agência fez à Globo uma proposta oficial para sublicenciamento dos direitos da competição. A informação é do 'Blog do Ohata'.

Segundo a publicação, entra em vigor a partir deste ano um novo contrato entre Globo e CBF, que dá à emissora o direito de todas as partidas da Série B - desta vez sem exceção - até 2022. No antigo contrato, a agência Sport Promotions tinha os direitos de transmissão de uma partida por semana da competição em TV aberta.

Todos os outros jogos eram do Grupo Globo para programar nas grades de suas plataformas, inclusive alguns jogos que exibiu regionalmente na TV aberta. No entanto, não há a garantia de que essa iniciativa será mantida em 2018.

A informação foi confirmada pelo diretor de direitos esportivos do Grupo Globo, Fernando Manuel Pinto. ''Temos os direitos até 2022, em acordo envolvendo forte compromisso e investimento do Grupo Globo na competição. Em princípio, vamos de SporTV e Premiere [braço da Globosat no pay-per-view], oferecendo a cobertura ampla, completa, que o Brasil já se acostumou na Série B''.

''Aguardava alguma proposta de TV aberta do mercado, condizente com o grande valor e apelo que a Série B possui, mas nada até agora das redes de TV ou agências que tradicionalmente fizeram gestão desse tema. A CBF, até o ano passado, preservava os direitos e vendia, mediante acordo com uma agência, um jogo por rodada para a TV aberta'', concluiu o executivo.

A RedeTV!, que exibia a Série B até a edição do ano passado, decide em fevereiro se vai fechar um acordo com a Globo pelos direitos do campeonato. Porém, a emissora paulista sinalizou que só vai assinar o contrato mediante uma redução no valor solicitado pelos direitos da temporada 2018, que foi de R$ 6 milhões.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte), Twitter (twitter.com/midiaesporte) e Instagram (instagram.com/midiaesporte).

Quer anunciar no Portal Mídia Esporte? Entre em contato com a nossa equipe no email midiaesporte@gmail.com e solicite uma proposta.




Tecnologia do Blogger.