Header Ads

Clubes decidirão se rescindem com a Turner quando fizerem análise de cláusulas

Contratos não previam possibilidade do fim do Esporte Interativo, mas têm contexto de transmissões em um canal esportivo

Reprodução

Surpresos com o anúncio do final do canal do Esporte Interativo na TV, os clubes que venderam os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2019 para a Turner decidirão se encaminham a rescisão do contrato quando fizerem a análise de algumas cláusulas.

De acordo com o blog de Rodrigo Mattos, os contratos da Turner com os clubes preveem que a empresa pode transmitir em outros canais diferentes do Esporte Interativo. Entretanto, o acordo não trata da possibilidade do final do canal e tem um contexto de transmissões em um canal esportivo.

A leitura desse contrato tem dados que podem levar a conclusões diferentes, já que o compromisso é assinado com a Turner, que continua a existir, e não com o Esporte Interativo. Além disso, também não se especifica nem se é permitido que não se transmita jogos no EI nem o que ocorreria no caso de final do canal.

Só depois de anunciarem o fim do Esporte Interativo, executivos da Turner ligaram para os clubes para dizer que tinham a intenção de manter o compromisso, e transmitir os jogos nos canais Space e TNT como anunciado. Mas já estava instalado um cenário de desconfiança entre os clubes.

O presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, já falou claramente em partir para a briga e levar o caso para o rompimento, enquanto dirigentes de clubes como Santos e Atlético-PR estão mais cautelosos, preferindo esperar uma avaliação do contrato para saber quais os próximos passos a serem feitos.

Do lado do clubes, há a argumentação de que, se não houvesse o Esporte Interativo, a negociação teria sido feita de forma completamente diferente. Do outro lado, a Turner tem a cláusula a seu favor e pode exigir a execução do contrato, já que houve uma antecipação de R$ 40 milhões para cada um dos clubes. Ou seja, se tentarem romper, os clubes poderiam ter de devolver a quantia e possivelmente ter de pagar indenizações.

Quinze clubes têm contratos com a Turner para direitos da Série A na TV fechada. Entre eles, apenas Palmeiras, Santos, Internacional, Bahia, Atlético-PR e Ceará atualmente estão na elite do futebol nacional.

VEJA TAMBÉM: Clubes querem romper contrato do Brasileirão com Esporte Interativo

Quer ficar por dentro de tudo que acontece nos bastidores da mídia esportiva em tempo real? Então curta nossas páginas no Facebook (facebook.com/midiaesporte), Twitter (twitter.com/midiaesporte) e Instagram (instagram.com/midiaesporte).

Quer anunciar no Portal Mídia Esporte? Entre em contato com a nossa equipe no email midiaesporte@gmail.com e solicite uma proposta.




Tecnologia do Blogger.